Nossas últimas novidades

Home SEO Saiba quais são os piores erros de SEO e como evitá-los

saiba-quais-sao-os-piores-erros-de-SEO-e-como-evita-los

14.07.2021 | Por: administrador

Voltar

Saiba quais são os piores erros de SEO e como evitá-los

Nos últimos anos, o Google lançou diversas atualizações e novas políticas que permitem a todos os sites e blogs ficarem bem posicionados em seu sistema de busca. Porém, muitos profissionais ainda insistem em ignorar essas novas regras…

O SEO, sigla para o termo em inglês search engine optimization,  é um conjunto de técnicas e diretrizes a serem aplicadas em seu site para que ele alcance os primeiros lugares nos mecanismos de busca da internet, tais como: google, bing, yahoo e outros. Parece simples, mas ele muda a cada dia, com suas novas regras e claro, técnicas. Por isso, antes de falar dos erros e como evitá-los, vamos entender exatamente do que se trata o SEO. 

A otimização de sites é o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site dentro do SEO de busca, gerando conversões, sejam elas, um lead, uma compra, um envio de formulário, agendamento de consulta e outros.

O sucesso de uma estratégia de marketing digital está diretamente ligada ao bom posicionamento nos mecanismos de busca. Dados do próprio Google mostram que  mais de 100 bilhões de pesquisas são realizadas mensalmente somente no Google.

Mas como fazer para ranquear bem nas plataformas de pesquisas? Não se desespere! Neste artigo, você compreenderá o conceito de palavra-chave e descobrirá o que é SEO e como ele funciona!

Vale lembrar que o Google lança periodicamente diversas atualizações e novas políticas que permitem a todos os sites e blogs ficarem bem posicionados em seu sistema de busca. Porém, muitos profissionais ainda insistem em ignorar essas atualizações e continuam utilizando velhas técnicas que já foram abolidas há muito tempo. 

Quase como um auditor da rede, o SEO surgiu em 2003, lançado pelo Google. Neste ano, a ferramenta derrubou 50% dos sites listados considerados de baixa qualidade. Depois disso, de tempos em tempos o Google vem aprimorando esse filtro de limpeza. 

Desde então são penalizados: sites com muitos anúncios, excesso de otimização de conteúdo, conteúdos replicados, copiados ou muito semelhantes, análise de segurança, sem formatos amigáveis para todo tipo de dispositivo e conteúdo de baixa qualidade.  

 O Google está sempre atualizando seu algoritmo, com isso, é importante estar sempre atento a essas mudanças. Em 2021, por exemplo, Google também anunciou que a partir de março sites que não tiverem versões mobile serão totalmente desindexados. Isso porque atualmente há mais buscas sendo feitas pelo celular do que pelo computador. Dados da Hitwise mostram que  60% das pesquisas são feitas a partir de dispositivos móveis,  

Conheça agora algumas práticas que podem comprometer negativamente o posicionamento de seu site e que você jamais deve cometer!

Ter um serviço de hospedagem ruim

Muitas empresas, com o objetivo de economizar, hospedam os sites de seus clientes em servidores baratos, lentos e instáveis. Como o Google leva em consideração o tempo de carregamento das páginas, pode dizer adeus às suas esperanças de estar nas primeiras posições do buscador se seu site estiver hospedado em um servidor ruim.

Pode-se dizer que atualmente, os serviços de hospedagem têm o maior comprometimento para garantir o carregamento ágil de páginas e, principalmente, manter um site sempre online, evitando ao máximo que ele esteja fora do ar. Isso é ponto importantíssimo para o ranqueamento proposto pelo Google. Então, de nada adianta um bom marketing de conteúdo, com uma hospedage de site meia boca. 

A boa notícia é que o mercado dos dias atuais oferecem muitos serviços de qualidade. Avalie junto com sua agência de marketing digital qual oferece os serviços mais adequados para seu negócio. Existem hospedagens para todos os tamanhos, seja para um site institucional ou e-commerce. 

Praticar o Keyword Stuffing

Criada nos primeiros anos do Google, essa técnica de SEO consiste em encher os textos e meta tags com palavras-chave para conseguir mais relevância no Google. Veja um exemplo abaixo:

“O Pet Shop do Osmar tem anos de tradição no mercado. O Pet Shop do Osmar cuida de seu pet com os melhores produtos e equipamentos, por isso o Pet Shop do Osmar é a escolha certa para seu pet. Recomende o Pet Shop do Osmar para seus amigos.”

Além de deixar seus textos confusos e cansativos, essa prática é facilmente identificada pelos algoritmos do Google, que punem quem ainda insiste nessa técnica. Mantenha uma densidade de palavras-chave que seja agradável ao usuário e relevante para o assunto abordado.

A mudança no algoritmo do Google que permitiu identificar esse tipo de conteúdo aconteceu lá em 2012 e derrubou cerca de 31% dos sites ativos. Mesmo assim, ainda hoje é possível encontrar alguns sites que usam essa técnica. Evite esse erro para garantir o melhor ranqueamento do site contratando um bom produtor de conteúdo que conseguirá estabelecer uma quantidade de palavras-chave ideal. 

Não fazer market

Link Building é o nome dado à técnica de SEO para obter links de outros sites, tornando o seu mais relevante. O Google entende um link como uma recomendação; portanto, quanto mais pessoas postarem um link para o seu site, mais relevante ele é considerado. Ele realmente acredita muito nisso. Por isso, não criar essa rede de links é um erro gigantesco para seu ranqueamento, pois ela fortalece sua autoridade diante dos mecanismos de busca.

Quanto mais links em outros sites confiáveis o seu receber,  mais relevante ele demonstra ser na sua área de atuação. É uma lógica de popularidade inteligente, não é mesmo? mas o legal é que essa técnica deve ser aplicada internamente em seu site também. Quanto mais links um usuário clicar dentro de seu site, melhor. Sempre que você escrever um conteúdo para seu site, faça os hiperlinks para outros conteúdos de seu próprio site. Ele ficará mais tempo navegando em seus conteúdos impactando na relevância que seu conteúdo terá no Google. 

 

Não ter conteúdo original

Copiar conteúdo é um erro gravíssimo e severamente punido pelos mecanismos de busca. Um dos atributos mais importantes para seu SEO é ter um conteúdo de qualidade e único, independente de seu nicho de atuação. Por isso, jamais copie conteúdo na internet. 

Além de ser penalizado pelo SEO, plágio é crime no Brasil, previsto no código de leis, e você pode ser criminalmente processado.  Desde 1998 a Lei 9.610  existe para regular os direitos autorais de escritores, artistas, fotógrafos e músicos. As punições podem variar de multa e detenção de três meses a um ano, de acordo com o artigo 184 do Código Penal.

Mesmo assim, essa é uma prática muito comum na internet e não envolve apenas a cópia de textos e imagens, mas abrange diversos aspectos, como a cópia de uma ideia ou até mesmo a maneira como é feita a estrutura do material. 

Seja criativo, original e não cometa esse erro pois você pode ser duplamente penalizado. 

 

Pensar exclusivamente no conteúdo e ignorar palavras-chave

Enquanto alguns profissionais enchem seus sites com palavras-chave, existem aqueles que não dão o menor valor para isso e se preocupam apenas com o conteúdo. É o equilíbrio que vai garantir um posicionamento no SEO. 

Aqui vai uma dica: quer ser invisível para os sites de busca? Basta ignorar as palavras-chave. Todos os buscadores funcionam utilizando as palavras-chave encontradas em seu site para identificar seu conteúdo e o relacionar com os termos digitados pelo usuário. Se seu site não tem um bom planejamento, isso dificulta o trabalho dos buscadores em indexar corretamente o seu site, fazendo-o sumir dos resultados.

Uma palavra-chave é uma palavra que resume os temas principais de um texto. Ela identifica ideias e temas importantes para servir de referência para as pesquisas. Tome cuidado para não trazer uma palavra-chave muitas vezes em único parágrafo, mas garanta que ela aparece algumas vezes no decorrer do seu texto.   

 

Não marcar tags importantes (ou exagerar no número delas)

A palavra tag em inglês significa etiqueta.  É o rótulo do seu conteúdo. Na internet ela também tem essa função de organizar uma ideia. Elas normalmente não aparecem na tela mas servem para orientar os robots, que são os mecanismos de busca que garimpam as páginas da web em buscar de encontrar os conteúdos mais relacionados a sua busca. 

Assim como no caso das palavras-chaves, existem muitos profissionais que exageram ou não dão a devida importância às meta tags, especialmente duas das mais importantes, a meta keywords e a meta description. 

Exagerar na quantidade de palavras-chave para estas tags e, por outro lado, não marcá-las, pode comprometer seu site, pois os mecanismos de busca se baseiam em palavras-chaves, mas costumam punir seu excesso. Equilíbrio!! 

Por isso, adicione palavras relacionadas ao tema e sempre pense nos termos que o usuário utilizaria para encontrar o conteúdo que você disponibiliza. Um exercício que ajuda muito, é simular uma busca pelo assunto que você está escrevendo. Ao fazer a pesquisa no google você se depara com alguns resultados de tantos milhões encontrados. Basta observar o número pequenino logo no início da busca.

O mais interessante é que nem sempre os primeiros sites que aparecem, são necessariamente aquilo que você procura. Além dos conteúdos patrocinados, que ganham a preferência na lista, quem aparece logo em seguida são os sites que conseguiram ser percebidos de melhor forma pelo SEO, dentro de suas regras. Ou você acha que o Google é que não sabe ranquear as páginas? na verdade, são as páginas que ainda cometem grandes erros SEO. 

E você, já cometeu algum desses erros de SEO? Se precisar de orientação para o seu site, entre em contato conosco através do fone (62) 3242-5359 e/ou email: [email protected]

 

Posts Relacionados

pexels-photo-450035
  • Data: 02.08.2021
  • Por: Por: administrador

Por que minha empresa precisa de um site institucional?

Já parou para pensar na presença online da sua empresa? Não importa se o seu negócio é digital ou não, um site institucional fará toda diferença na divulgação da sua marca. Seja no setor de produtos ou serviços, o que percebemos nos últimos anos...

Saiba Mais
autoridade-de-dominio-como-ela-influencia-as-buscas-do-google
  • Data: 01.08.2021
  • Por: Por: administrador

Autoridade de domínio: como ela influencia as buscas do Google

Quem deseja levar seu negócio para o ambiente on-line já deve ter ouvido falar de alguns termos bastante conhecidos da área, como User Experience, SEO e, claro, marketing de conteúdo. No entanto, não é raro deixar passar batido o assunto autoridade de domínio...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale conosco pelo Whatsapp