Nossas últimas novidades

Home Marketing digital: por que ter apenas um site não é o suficiente

marketing-digital-por-que-ter-apenas-um-site-nao-e-o-suficiente

11.08.2021 | Por: administrador

Voltar

Marketing digital: por que ter apenas um site não é o suficiente

Em tempos de redes sociais, blogs, aplicativos e uma infinidade de outros canais de comunicação online, quem tem sua estratégia de marketing digital baseada apenas em um site corporativo corre sérios riscos de desaparecer.

Em tempos de redes sociais, blogs, aplicativos e uma infinidade de outros canais de comunicação on-line, quem tem sua estratégia de marketing digital baseada apenas em um site corporativo corre sérios riscos de desaparecer. De acordo com o “Live Stats” da Statista existem cerca de 1.718 milhões de páginas web sites disponíveis para  5,22 bilhões de usuários. Ou seja, mais da metade da população global, que hoje é de 7,8 bilhões de pessoas, estão conectadas.  

O Google é o site mais visitado no Brasil e no Mundo, seguido do YouTube, que além de ser um dos mais pesquisados do mundo, também ocupa o primeiro lugar no Brasil, nessa categoria.  Logo atrás, temos em terceiro lugar o Facebook, e em quarto e respectivamente quinto lugar, estão a Globo e o Uol entre os 5 principais.

Mas o que isso tem a ver com a minha empresa? e porque apenas um site institucional não resolve a presença dela na internet. A resposta é simples: O consumidor atual é omnichannel, isto é, relaciona-se por meio de diversas plataformas. 

 

Nova experiência de compra

Omnichannel é um termo que define uma estratégia de conteúdo que conecta diversos canais. As organizações usam esses canais para melhorar sua experiência com o usuário da internet e conduzir melhores relacionamentos com seu público nos pontos de contato. 

Diversificar a presença na internet é tornar o usuário mais próximo da sua empresa, a apenas alguns cliques de te encontrar e interagir. E se você não se permite essa proximidade, pode ser comparado a um eremita vivendo no alto de uma montanha. Muito poucas pessoas chegarão até a sua empresa.

O que queremos dizer é: ter apenas um site não é suficiente para fazer negócios no mundo digital. E vamos te mostrar o porquê agora mesmo. Pronto para mudar suas ideias e conceitos?

 

Engajamento 

O consumidor online quer dialogar e um site institucional é uma página estática, que tem por objetivo apresentar sua empresa, seus produtos e serviços. As opções de interação com o público são restritas e as atualizações de um site são esporádicas, isto é, não há por que uma pessoa visitar com frequência sua página na internet. Ele tem grande serventia para apresentar sua história, produtos, missão, visão e formas de contato, mas gera interesse contínuo. Uma vez consultado, pode ser esquecido. 

Parte-se do pressuposto que a na internet a interação e o engajamento é uma realidade comum aos usuários. É uma via de mão dupla, onde se faz perguntas e espera realmente uma resposta.  Os consumidores estão em busca de diálogo, de interação, da construção conjunta das marcas. É por isso que, além do site institucional, é importante que sua empresa se posicione nas redes sociais. Elas são ideais para você construir uma audiência e mantê-la engajada ao seu negócio. Se você não está por lá, para muitos dos usuários você não existe. 

 

Comportamento 

O ano de 2020, por exemplo, com o advento da pandemia do novo coronavirus, grandes mudanças aconteceram no universo on-line e o aceleramento de tecnologias e mudança de comportamento, como, por exemplo, reposicionamentos na lista das 10 redes sociais mais usadas no Brasil. 

O Relatório Covid-19, realizado pela Agência Newton, especializada em inteligência digital, mostrou que houve aumento em 40% do tráfego brasileiro na rede.  Um relatório da Clayton Cruz, especializada em segurança digital, mostrou que no Brasil, o número de horas de uso da internet para trabalho de casa passou de 3h41m para 6h44m por dia, ou seja, um aumento de três horas por conta da pandemia.

De acordo com uma pesquisa da Mastercard SpendingPulse, o e-commerce brasileiro apresentou um crescimento de 75% em 2020 se comparado ao ano anterior, isso se deu, sobretudo, após o início do isolamento social. O indicador avalia as vendas no varejo, que inclui pagamentos de todos os tipos em uma série de mercados globais. 

O segundo trimestre de 2020 – meses de março, abril e maio – quando o isolamento social no Brasil foi mais intenso, as compras online tiveram crescimento de mais de 48%, frente a um primeiro trimestre de crescimento de 14%. As livrarias e drogarias lideraram as vendas com alta de 110% e  88,7%, respectivamente.  

Com isso, se você não compartilha seu conhecimento na internet, não desperta interesse, não demonstra seu potencial, não atrai os olhares dessa audiência, que está muito disposta a se informar e consumir. E é aí que entram os blogs, os wikis, os fóruns, as redes sociais, os links patrocinados, o SEO, o e-mail marketing e tantas outras estratégias de marketing digital que facilitam esse contato e conectam você aos seus clientes. Elas vão gerar conteúdo estratégico que tem como objetivo colocar sua empresa no topo do ranking das buscas. 

Para isso, uma estratégia de marketing digital integrada é o que você precisa. Se o seu site está bem, obrigado, você pode se focar em desenvolver outros pontos de contato com seus clientes. Mas lembre-se que todos esses canais devem conversar, devem ter objetivos próprios e servir aos propósitos do seu negócio, isto é, gerar receita.

 

Uma estratégia integrada de marketing digital contempla alguns passos. 

Entre eles, está a definição de objetivos, metas e desempenho; o que os outros estão fazendo pode não dar certo para seu propósito. Por isso, defina seus objetivos para cada canal. O seu site será um e-commerce ou apenas institucional? É possível, por exemplo, ter um site institucional e dentro dele, um blog onde você pode se posicionar como autoridade do seu negócio publicando artigos, como este que você está lendo, que o aproximará do seu cliente. 

Dentro da sua estratégia de presença na internet é importante definir suas métricas como: você quer aumentar a participação da sua empresa no mercado? aumentar o reconhecimento da sua marca? aumentar as vendas? diminuir o custo de aquisição dos clientes?  Você pode pensar também em aumentar a receita,  reduzir custos ou  reduzir riscos, por exemplo. 

A identificação das pessoas do seu negócio é crucial para o diálogo na web. Ao definir para quem você fala, as dores que você vai resolver, a sua empresa poderá partir para  produção de conteúdo de valor para o seu público;

Importante os canais selecionados para serem utilizados para distribuir sua mensagem estejam compatíveis com a presença do seu público. Um profissional de marketing, ou a empresa que você contratou para fazer o seu marketing digital poderá te falar exatamente onde seu público mais interage, desde que você saiba quem é ele. Informações demográficas, como idade e renda, são excelentes norteadoras, por exemplo. O Tik Tok, por exemplo, é uma rede social muito associada aos adolescentes, e oferece entretenimento, quase que exclusivamente, enquanto o Twitter é predominantemente uma rede voltada para público mais velho que está em busca de informação. 

Contudo, as métricas são ferramentas que te ajudam a monitorar e avaliar o desempenho dos seus processos dentro desse universo de possibilidade. Isso inclui a definição e distribuição do orçamento para cada canal de interação; Cronograma de execução;

 

Implementação da estratégia; Monitoramento de resultados

Por isso é importante ter uma estratégia de marketing digital integrada, que determine que tipo de conteúdo cada canal, site ou rede social vai receber. Poderíamos passar uma tarde toda listando os benefícios de uma estratégia de marketing digital integrada, mas vamos focar nos resultados mais imediatos, combinado?

Ao se fazer presente em vários canais, você promove o aumento da consciência da marca: mais pessoas conhecem e se relacionam com sua empresa;

Além disso, consegue geração de leads, que são as pessoas interessadas nos seus produtos e serviços. Elas interagem com mais frequência, fornecendo dados para um relacionamento mais próximo;

Consequentemente, há conversões de vendas: com mais leads em contato com sua empresa, as oportunidades de vendas aumentam;

Conhecimento do público: com os dados e informações coletados com o auxílio de ferramentas de monitoramento, você conhece melhor seu público, seus problemas e necessidades;

 

Qualificação 

Produtos e serviços de melhor qualidade: sabendo exatamente do que seus clientes precisam você desenvolve produtos e serviços mais adequados ao mercado, o que impacta também nas suas vendas;

E por fim a fidelização. A oportunidade de dialogar com sua audiência em diversos canais digitais amplia a credibilidade e confiança da marca, gerando clientes mais fiéis;

Como todos os esforços de marketing digital estão focados nos mesmos objetivos, você potencializa seu ROI – o Retorno sobre o investimento, que no caso do ambiente digital, é possível calcular com precisão. 

Você está contente com apenas um site ou quer potencializar seus resultados com uma estratégia de marketing digital integrada? A segunda opção parece mais vantajosa? Então não perca mais tempo, assine nossa newsletter e receba conteúdo de qualidade que vai te ajudar a estruturar sua estratégia de marketing digital diretamente no seu e-mail!

 

Posts Relacionados

dicas-de-marketing-digital-para-empreendedores
  • Data: 14.09.2021
  • Por: Por: administrador

4 dicas de marketing digital para empreendedores

No ano que vem acontecerá um marco na publicidade mundial. Segundo a eMarketer, o dinheiro investido em propaganda televisiva, que sempre levou a maior fatia do mercado de anúncios, pela primeira vez será menor do que o investido em propaganda digital...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale conosco pelo Whatsapp