Nossas últimas novidades

Home 6 razões para sua empresa usar e-mail marketing

e-mail-marketing-img

27.07.2021 | Por: administrador

Voltar

6 razões para sua empresa usar e-mail marketing

Mesmo em tempos de redes sociais o e-mail marketing permanece como uma ótima estratégia. A utilização desse tipo de marketing digital requer um planejamento centrado na apresentação de soluções baseadas nas necessidades do público-alvo.

De acordo com o relatório 2018-2022 do Radicati Group, até o final de 2022, serão 4,3 bilhões de pessoas com contas de e-mail válidas em todo mundo. Estima-se que 92% das pessoas usam esse recurso, 61% delas diariamente. Além disso, 72% dos consumidores preferem o e-mail como canal de comunicação para empresas. Só esse último dado já motivo suficiente para usar essa ferramenta, a final, os próprios consumidores preferem ela.   Contudo, em uma definição mais literal, o e-mail marketing nada mais é que toda comunicação entre uma empresa e seus contatos ou clientes, realizada através de disparos de e-mail: uma campanha por texto, texto ou HTML, oferta de produtos, promoções, conteúdos etc. 

A estratégia usa o e-mail como a principal ferramenta para fidelização do cliente. Ele tem a vantagem de ser regulamentado, pois apenas quem deseja recebê-lo, o terá. Tem alto potencial de mensuração de alcance através de relatórios de aberturas, cliques, rejeições e muitos outros, e um custo baixo, assim como a maioria das estratégicas de comunicação digital. 

Não confunda com Span. O e-mail marketing se caracteriza, principalmente, por ter a permissão do destinatário das mensagens. Por isso o objetivo dele é manter um relacionamento com o cliente, o novo, e claro a fidelização daqueles já tiveram a experiência de compra do seu produto ou serviço.  

O e-mail marketing teve seus dias ruins, pois quando a internet se popularizou. Algumas empresas exageraram no seu uso, além de enviar conteúdos inúteis em grande escala. No entanto, nos dias atuais, com as técnicas certas, é possível ter grande formação de leads com ele, já que até mesmo a população, em geral, está mais aberta a recebê-lo, e faz isso com prazer, ao perceber que o conteúdo será útil de alguma forma. 

Através do e-mail marketing também é possível criar enquetes, pesquisas e se comunicar de forma mais pessoal com seu cliente.  Mesmo em tempos de redes sociais o e-mail marketing permanece como uma ótima estratégia. A utilização desse tipo de marketing digital requer um planejamento centrado na apresentação de soluções baseadas nas necessidades do público-alvo.

O e-mail é de longe a forma mais eficaz e direta de entrar em contato com os usuários ou potenciais clientes, visando o crescimento do negócio. Por isso,  separamos 6 razões para a sua empresa aderir ao e-mail marketing. Confira!

1- Alcance de público

De acordo com o site ExactTarget, cerca de 95% dos consumidores on-line usam e-mail, e a maioria desses checa a caixa de entrada no celular ou computador diversas vezes no dia. Assim, os e-mails ainda são uma das formas de comunicação mais utilizadas e, se sua empresa quer abranger um grande público, esse é o caminho.

Levantamentos da Convince&Convert, CampaignMonitor e ExactTarget, mostram que 35% do público abre um e-mail considerando apenas o assunto e 70% das pessoas dizem que visualizam e-mails de suas empresas favoritas. Além disso, um e-mail consegue obter até 40 vezes mais engajamento do que um post nas redes sociais.

Os números provam que e-mail tem mais credibilidade que as redes sociais. Isso porque é um ambiente mais privado, como se estivesse falando em particular com aquele cliente. Somado a isso, tem a sensação de exclusividade, já que os e-mails marketing tem a vantagem de ser personalizado, como por exemplo ao chamar o cliente pelo nome. Isso dá aquela ideia de que a empresa pensou especialmente nele.

2 – Maior expectativa de vida

O tempo de vida de um tweet ou de um post no Facebook é muito curto: ele é visto, às vezes curtido ou compartilhado, e dura por pouco tempo. O e-mail é diferente. Ele “não morre”, ou seja, fica na caixa de entrada do assinante à espera de ser lido, e mesmo depois de lido precisa ser deletado pelo usuário, em vez de deixar de existir passivamente com o tempo.

Vale lembrar que e-mails tem uma capacidade de armazenamento alta, além de muitas pessoas aumentarem essa capacidade através de assinaturas. Os pacotes gratuitos das contas de e-mail oferecem 15 gigas para o usuário e um upgrade custa em média 29 dólares por ano. Isso torna o e-mail um local para fonte de buscas, já que é um arquivo pessoal. Se seu e-mail for bem recebido, certamente será arquivado para pós consulta. 

3 – Possibilidade de personalização

O e-mail marketing tem um grande diferencial em relação aos outros meios, pois permite segmentação e personalização. Você pode segmentá-lo em listas de envio de acordo com sexo, idade, público-alvo, região entre outros. 

Além disso, diferentemente de um post nas redes sociais, você tem mais liberdade para personalizar o design e até o conteúdo de acordo com o usuário que irá recebê-lo. Assim, utilizando o e-mail marketing pode-se enviar mensagens altamente direcionadas para diferentes grupos de acordo com as ações e estratégias da empresa.

 

4 – Integração de mídias

Um ponto forte do e-mail é que ele permite associação com mídias sociais: utilizando o e-mail marketing, a empresa pode também divulgar suas páginas em redes sociais. Com apenas um clique o cliente é direcionado para outros sites.

Vale lembrar que mesmo as pessoas que optam por não estar presente nas redes sociais, normalmente tem um e-mail. Todo e qualquer cadastro, inclusive em formulários físicos, pedem um e-mail. Isso porque a evolução da comunicação tornou o e-mail tão importante quanto um endereço físico. Ele também  reduziu drasticamente o uso de papel. Quem não acha melhor ler o e-mail, consumir a informação, guardar se achar necessário ainda assim, poupar o meio ambiente. 

5 – Calls to action

O Call to Action (CTA) geralmente são links de uma página que levam os usuários a realizar ações ou palavras utilizadas para orientar o usuário, como “saiba mais” e “acesse agora”. O e-mail marketing traz possibilidades infinitas para isso. O principal objetivo de um CTA é direcionar os usuários para avançar em um processo de conversão online.

Os tipos variam de página para página e podem ser links de navegação, compras, formulários de inscrição, no marketing de conteúdo esse termo é muito utilizado, por estar presente em todo processo de venda. Nos dias atuais, o botão que leva ao whatsapp, um canal direto de vendas, é altamente eficaz e pode colocar o cliente falando com um vendedor “pessoalmente”. 

Além do acesso às redes sociais, o cliente pode ser levado para páginas de compras, demonstração de produtos ou até mesmo direcionar o consumidor para fechar negócios. Além disso, como ferramentas de e-mail marketing te permitem saber em que parte do conteúdo o usuário clicou, é possível também testar qual variação de call to action é mais efetiva.

6 – Baixo custo e alto retorno

O ROI é a sigla em inglês para Return on Investment, e basicamente serve para estimar o valor ganho por um negócio em relação ao custo de suas campanhas de publicidade. O termo é muito conhecido entre as agências e serve para que o cliente visualize de uma forma mais aproximada qual foi o “ganho” de suas campanhas. 

Além disso, o ROI fornece informações importantes sobre o comportamento de compra dos clientes. A partir delas, é possível tomar decisões que podem melhorar as vendas. Saber o que se vende mais, para quem e em que época do ano, por exemplo. 

Em se tratando do e-mail marketing, ele tem o maior ROI do mercado de marketing. Uma das principais vantagens deste tipo de marketing é o custo: quando comparado com meios de comunicação como rádio, televisão e outdoor, o e-mail marketing apresenta valores ínfimos. Além disso, de acordo com o site Media Post, cada dólar investido nessa ferramenta traz um retorno médio de cerca de $40 — ou seja, um ROI de 4000%. 

Especialistas explicam que isso se dá pelo fato do o e-mail marketing tem uma abordagem muito parecida com o “vender de porta em porta”. Considere neste contexto, que  é uma forma ativa de vendas, quando o propósito do e-mail é esse claro. Através da campanha escolhida, é possivel, por exemplo, oferecer um produto ao cliente sem que ele precise procurá-lo. Uma diva é segmentar a base de e-mails,  com pessoas interessadas no seu produto, engajadas. 

 

Com todas essas razões, fica claro que, se sua empresa ainda não está investindo em e-mail marketing, está na hora de começar, não é mesmo? Se você gostou das nossas dicas e quer aprender ainda mais sobre marketing digital, não deixe de curtir nossa página no Facebook!

 

Posts Relacionados

dicas-de-marketing-digital-para-empreendedores
  • Data: 14.09.2021
  • Por: Por: administrador

4 dicas de marketing digital para empreendedores

No ano que vem acontecerá um marco na publicidade mundial. Segundo a eMarketer, o dinheiro investido em propaganda televisiva, que sempre levou a maior fatia do mercado de anúncios, pela primeira vez será menor do que o investido em propaganda digital...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale conosco pelo Whatsapp