Nossas últimas novidades

Home Inbound Marketing 6 vantagens de investir em marketing de conteúdo

vantagens-de-investir-em-marketing-de-conteudo

08.07.2021 | Por: administrador

Voltar

6 vantagens de investir em marketing de conteúdo

A internet faz parte do cotidiano de cada vez mais consumidores e o marketing está acompanhando essa tendência com diversas técnicas se popularizando, como páginas em redes sociais, links patrocinados, e-mail marketing, dentre outras.

O marketing de conteúdo é uma forma de se comunicar com seu público alvo de forma leve, informativa e que expressa, acima de tudo, credibilidade. Aqui, deixa-se de lado os panfletos, anúncios, e promoções, para tratar dos assuntos relacionados a sua empresa e negócio sem falar de vendas e sem apresentar preços e condições de venda. Sim, é possível vender sem necessariamente oferecer um produto diretamente. 

 

No marketing de conteúdo, a internet é o meio, a expertise de sua empresa, a mensagem. Isso porque é inegável que a internet faz parte do cotidiano de cada vez mais consumidores. O marketing, por sua vez, campanha as tendências de comportamento de compra. Seja nas redes sociais, links patrocinados, e-mail marketing, dentre outras ferramentas, o marketing de conteúdo estará lá para atrair pessoas e convertê-las em negócios. 

 

Neste post, vamos destacar as vantagens de se investir em marketing de conteúdo e mostrar como ele pode ser benéfico para a sua empresa. Confira!

 

  1. Investir em marketing de conteúdo tem um custo menor e mais longevidade

Uma das grandes vantagens do marketing de conteúdo é o baixo custo comparado aos meios tradicionais de propaganda. Isso porque não há impressão, papel ou distribuição de material físico. Imagine quantas pessoas um outdoor atinge em uma esquina, e a logística para fazer com que aquele anúncio seja colocado lá no alto? Teve a produção da arte, a confecção das lâminas em papel e o serviço de instalação, além do aluguel do espaço e tudo isso vai permanecer lá por um tempo determinado. Fixo. 

 

No marketing de conteúdo, textos, infográficos e vídeos ficam disponíveis por muito mais tempo para as pessoas através da internet, chegando nelas através de estratégias específicas para se destacar na rede.  

 

É na web que estão os consumidores nos dias atuais. Os números mais recentes de um relatório produzido pelo We Are Social e Hootsuite de janeiro de 2021, concluiu que  existem 4,66 bilhões de usuários na rede. Ao mesmo tempo que, curiosamente, aponta para a existência de 5,22 bilhões de usuários com dispositivos móveis. Isso quer dizer que mais da metade da população mundial está on-line, considerando que a população global é de 7,8 bilhões de pessoas, segundo estimativas de 2020. 

 

Chegar a essas pessoas através da internet é muito menos oneroso, mas também muito desafiador. Afinal, o que essas pessoas fazem na internet? trabalham, se informam, compram e se entretêm, basicamente.  Com o marketing de conteúdo é possível produzir conteúdos perenes que por muitos anos servirá de fonte de informação para atrair pessoas interessadas em seu serviço ou produto. 

 

É claro que alguns conteúdos ficarão desatualizados depois de um período e é preciso sempre fazer algumas atualizações, mas muitos posts mais antigos continuarão gerando resultados enquanto o conteúdo ainda for relevante para o público. E é nessa relevância que é preciso focar. 

 

  1. A mensuração de resultados é mais fácil

O marketing de conteúdo permite que tudo seja mensurado quase que em tempo real. É possível saber quais publicações trouxeram mais cadastros, mais vendas e mais acessos. Isso permite aos analistas saberem que conteúdos geram ou não os resultados esperados, de acordo com o planejamento da campanha, e alterar o que for necessário com rapidez.

 

Acompanhar os resultados garante o sucesso de qualquer ação de marketing. Quando isso é feito pela internet, a vantagem é que existem ferramentas que permitem a mensuração rápida. Dessa forma, também permite ajustes imediatos. A assertividade aqui é bem maior com o marketing de conteúdo, do que com o marketing tradicional. 

 

O Google Analytics, por exemplo, é capaz de passar análises bem completas do desempenho do seu site e mostrar quais conteúdos estão sendo mais relevantes para atrair leitores, e consequentemente, seu público alvo. A ferramenta é gratuita e gera números de audiência e referentes às características demográficas do público frequentador das suas páginas e os assuntos mais buscados, por exemplo. 

 

A RD Station e a HubSpot, igualmente, são plataformas de automação de marketing que permitem criar fluxos, filtrar audiência e encontrar leads (possíveis clientes). 

 

O Facebook e o Instagram Insights são gratuitos e permitem que você avalie o desempenho das suas publicações. Mostra a evolução da audiência, publicações de maior sucesso, cliques conquistados em seu conteúdo, reações positivas e negativas à sua atuação. Como é uma ferramenta  própria das plataformas, os dados são altamente confiáveis. 

 

O Scub oferece uma outra perspectiva de análise de resultados. Através dele, você insere os termos desejados e ele localiza menções em várias redes sociais e até sites e blogs. Isso quer dizer que você terá dados valiosos das pessoas que se interessam pela sua empresa, como por onde estão navegando na internet. Legal né? 

 

Por último, lembramos do OpSocial. A ferramenta reúne os números de diversas redes sociais em uma mesma interface, além de monitorar termos em buscas pela web. Assim como gera relatórios em PDF. Eles contribuem com as tomadas de decisões para o marketing de conteúdo que está sendo criado.  

 

  1. Gera maior engajamento do cliente

Engajamento é a palavra-chave no mundo do marketing. É quando as pessoas interagem com um conteúdo, neste caso digital, e a partir dessa interação, é possível medir o alcance da campanha proposta. Existem várias formas de engajamento:  cliques, curtidas, comentários, compartilhamentos e salvamentos. A internet trouxe essa novidade para o marketing, que antes precisava exclusivamente de pesquisas de satisfação e resultados de vendas para avaliar uma campanha, por exemplo. Atualmente, é possível saber se a escolha de uma campanha foi um sucesso, poucos minutos depois de lançada. 

 

Outra vantagem do marketing de conteúdo sobre o marketing tradicional é que, mesmo que chegue a um volume menor de pessoas, essas terão uma resposta muito mais positiva àquele conteúdo do que se fosse, por exemplo, um comercial de TV. Isso ocorre porque, quando um cliente acessa um blog ou uma página no YouTube, ele geralmente é levado até ali por um conteúdo que o interessa e não por uma propaganda que interrompeu à força seu momento de lazer. O consumidor de marketing de conteúdo é um agente ativo, enquanto o consumidor de anúncios é um agente passivo e nem sempre está interessado naquilo que a propaganda está vendendo. 

 

Uma pessoa que faz uma busca por uma informação na internet e acessa seu blog,  já é um cliente em potencial, que está no seu momento de compra ideal. Dessa forma, esse usuário irá se engajar muito mais facilmente, clicando em links disponibilizados para produtos e serviços da empresa. Se seu conteúdo o deixou contente, a chance dele seguir com uma compra é muito maior. 

 

  1. Aproveita a viralidade das redes

No marketing tradicional, dificilmente conteúdos são compartilhados. Mesmo no marketing digital, existem formas de divulgação que não estimulam isso, como o link patrocinado, por exemplo. Já no marketing de conteúdo, a viralidade é o objetivo, algo que pode entrar em cena com facilidade. É comum que as pessoas, ao se depararem com algo que seja do interesse de algum conhecido, repassem aquele conteúdo. Quando isso atinge uma grande proporção, chamamos de viral. O viral é o desejo de consumo do marketing de conteúdo. 

 

Como isso é possível? vamos aos números. O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos países com mais  usuários conectados no Instagram, segundo estudo da empresa Cuponation, que avaliou o comportamento das pessoas em 20 nações. Estamos atrás apenas dos Estados Unidos e Índia, países bem mais populosos que o nosso. A pesquisa é de janeiro de 2021, quando a rede social  divulgou ter atingido a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês em todo o mundo. 

    

O comportamento no Instagram é só um exemplo de como é possível fazer um conteúdo viralizar na internet, usando marketing de conteúdo e as redes sociais como propagadoras dele para essas pessoas que estão on-line. A título de conhecimento, as redes sociais mais usadas no Brasil, segundo o relatório Digital 2021, são: Youtube (96.4%), WhatsApp (91.7%), Facebook (89.8%), Instagram (86.3%), Facebook Messenger (68.5%), Twitter (51.6%), TikTok (47.9%), Pinterest (47.1%), LinkedIn (42.6%) e Telegram (29.4%).

 

Basta avaliar onde estaria seu público alvo e apostar em um conteúdo certeiro que será compartilhado. 

 

  1. Influencia os hábitos do público

Uma pessoa pode acessar um blog para procurar informações sobre um tema específico no qual já está interessada, visando tomar uma decisão de compra. Por outro lado, ela também pode se deparar  com determinados conteúdos sobre temas que desconhecia e, a partir daí, ter seu interesse despertado para uma possível compra. São duas formas pelas quais o marketing de conteúdo pode estimular conversões de venda, influenciando os hábitos dos usuários.

 

A estratégia do marketing de conteúdo é influenciar esse público através do material feito sob medida. Para isso, esses artigos para blog, postagens em redes sociais, newsletter, e-books, vídeos ou infográficos, devem construir uma imagem de autoridade da sua empresa. Dessa forma, cria-se uma ponte entre sua marca e o público influenciado por eles. 

 

Mais que adquirir novos clientes, o marketing de conteúdo gera  valor e confiança para sua marca. Ao mesmo tempo que retém clientes já existentes que influenciam na decisão de outros prospects. 

 

Como você pode ver, investir em marketing de conteúdo pode ser extremamente vantajoso na hora de incrementar sua estratégia de marketing digital e atrair o público. Agora é a sua vez de nos contar, aqui nos nossos comentários, o que acha a respeito desse tema!

 

Você quer mais tráfego em Seu site?

Preencha os campos abaixo com o seu e-mail e URL do seu site. Eu vou te mandar um diagnóstico com todos os pontos que ele precisa melhorar para gerar mais tráfego: 

 

Posts Relacionados

marketing-de-conteudo-7-dicas-de-SEO-para-textos
  • Data: 16.09.2021
  • Por: Por: administrador

Marketing de conteúdo: 7 dicas de SEO para textos

No marketing de conteúdo, a maneira como o texto é escrito e estruturado pode influenciar no posicionamento em que o site de uma empresa aparece nos mecanismos de buscas. Sendo assim, preparamos 7 dicas de SEO para textos...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale conosco pelo Whatsapp