Manual de marca: para que serve e como montar o seu

manual-de-marca

07.05.2021 | Por: administrador

Manual de marca: para que serve e como montar o seu

A sua marca é um bem precioso. Por isso, você deve ter um enorme cuidado na hora da aplicação, seja em materiais digitais ou gráficos. Uma identidade visual coesa é o que faz com que sua empresa seja vista com credibilidade e profissionalismo. E é por meio do manual de marca que você tem todas as diretrizes para seguir rigorosamente.

Não basta apenas criar a marca, o logotipo, é preciso que esse símbolo faça parte de um conjunto muito maior dentro da comunicação, que é a identidade do negócio.

Por isso, é indispensável respeitar tipografia, cores, aplicação de logotipo e outros detalhes para garantir a eficácia do seu trabalho de publicidade, na criação de peças e campanhas, aliado também ao marketing.

E para que tudo isso possa ser usado sem dor de cabeça, existe o manual de marca, também conhecido como manual de identidade visual ou de identidade corporativa. 

Mas o que é esse material e para que ele serve? 

Para que você possa entender tudo sobre isso, elaboramos a postagem de hoje.

O que é manual de marca

Trata-se de um material prático e objetivo que indica como deve ser feito o uso do logo e de todos os elementos que compõem a marca. 

O documento pode ser impresso ou digital e deve ser montado por designers (preferencialmente os que elaboraram o logo), já que eles vão saber indicar com propriedade como deve ser a aplicação nos mais diversos materiais.

A produção desse documento não é fácil, pois exige conhecimento técnico e atenção por parte do designer. 

Assim, pode ser que demore um pouco para que o material fique pronto. Portanto, é preciso ter paciência para garantir que o manual  de marca fique perfeito.

Esse documento deve ser consultado na criação de qualquer peça, campanha, post, sejam eles offline ou digital. É ele que vai indicar quais cores podem usar, qual a forma correta de usar o logo, variações aceitáveis para a marca, tipografia, entre outros detalhes.

Ele serve para dar “cara” à marca. Toda marca depois de criada começa a ganhar a sua identidade, e, assim como o nosso documento de identidade é individual, o manual de marca também.

Ou seja, o manual de marca é o documento da marca, é o que garante que a identidade visual está sendo respeitada, afinal não há credibilidade sem uma identidade visual coesa.

Itens que devem constar no manual de marca

Por ser um documento mais técnico, existem alguns itens que são essenciais para a especificação das criações no manual de marca. 

Valores e Tom de voz

Apesar de ser um documento técnico, o manual de marca precisa correlacionar os elementos de composição da marca com a história da empresa, propósito, valores, respeitando o tom de voz do negócio.

Ou seja, não existem símbolos e designações da marca sem uma história por trás. Isso precisa estar no manual de marca para que todos que o consultarem se aprofundem nos significados daquela marca.

Fica muito fácil depois identificar a melhor forma de se comunicar e aproximar-se  do seu público.

Por isso, é fundamental que o documento contenha uma explicação dos elementos que constituem a marca, esclarecendo a lógica da composição do logo e incluindo símbolos e designações. 

Conceito do logotipo e suas variações

Além disso, é importante conceituar o logotipo, explicando como se deu a criação e o porquê se pensou naquele logo. Isso tem a ver com o tópico anterior. 

É extremamente necessário que o manual de marca mostre as possíveis variações de uso da marca:

  • aplicação em negativo;
  • aplicação com variação de cores em diferentes fundos;
  • orientações quanto ao dimensionamento possível do logotipo;
  • aplicações em que são usadas apenas o logo ou só a tipografia.

Isso para que exista um padrão nas possíveis aplicações e não que se use de qualquer jeito e como bem entender.

Paleta de cores e dimensões

Também é necessário mencionar as dimensões mínimas para uso e reprodução nas mais diferentes mídias, a fim de preservar a leitura da marca, e as especificações técnicas das cores em CMYK, RGB e Pantone, para garantir a fidelidade da cor nas aplicações possíveis da marca nas mais diferentes mídias. 

Ainda pensando nas cores, o manual também deve incluir indicações da aplicação da marca em diferentes condições de criação, impressão e publicação, como escala de cinza, preto e branco e fundos coloridos.

Tipografia

A tipografia trata do padrão de fontes que devem ser usadas na comunicação das empresas. O manual deve mostrar quais são os estilos de letras, se há variações para o negrito, o tamanho em cada aplicação, quando usar cada uma e informar o nome da fonte adequadamente.

Situações específicas

Por último, o manual de marca ainda deve conter explicações de aspectos peculiares da marca e indicação de onde a aplicação irá funcionar, além de mencionar situações em que deve ser evitada a aplicação de marca — por exemplo, ela não pode ser aplicada em fundo preto ou em algumas cores específicas.

Dessa forma, sua empresa garante a fidelidade e igualdade nos materiais produzidos que carregam a sua marca, sejam eles institucionais, promocionais ou quando a sua marca entra como apoiadora, patrocinadora ou parceira de outras empresas e projetos.

Imagine sua marca patrocinando um evento e você chega ao local e vê toda o material de divulgação do evento com a sua marca torta, de outra cor, com outra letra…frustrante, não seria?

Por isso, a importância de seguir e exigir que quem for usar a sua marca o siga também.

Importância do manual de marca

Sabendo o que é o manual de marca e quais são seus usos, fica muito mais fácil entender sua importância. 

Na verdade, ele é uma ferramenta que permite a consolidação e o fortalecimento da imagem da sua empresa no mercado, promovendo o reconhecimento e o respeito a partir das aplicações que garantem uma leitura por parte do público.

As indicações da identidade visual também vão permitir uma maior agilidade para que quaisquer equipes — dentro ou fora da empresa — possam produzir materiais que respeitem a sua marca. 

Afinal de contas, de posse do manual eles já poderão saber as especificações para criação e aplicação. Assim, poupa-se um tempo precioso entre idas e voltas de material simplesmente por não obedecerem parâmetros de inclusão do logo.

Outra economia é no que diz respeito à impressão. De posse de uma manual de marca, fica mais fácil reconhecer erros na fidelidade das cores ainda na avaliação da prova de cores, o que diminui muito as chances de erros de cores na impressão em grande quantidade.

Dito isso, vamos conhecer alguns pontos que mostram a relevância do manual de marca:

Gerar credibilidade

Como já dissemos, uma marca que respeita a identidade visual é vista com mais profissionalismo.

Imagine receber um documento de uma empresa em uma ocasião e a marca aparecer de um jeito, depois, receber outro documento com a marca já diferente. Você não vai achar que essa empresa tem credibilidade, não é mesmo?

Você já parou para pensar na comunicação visual de grandes marcas como nike, apple, netflix? Em todas as suas peças e campanhas, as suas marcas aparecem devidamente padronizadas, respeitando variações apenas as indicadas no manual de marca.

E não precisamos nem falar do quanto essas marcas são respeitadas, né!

Consciência de marca

Quanto mais uma marca trabalha a sua comunicação, a sua identidade visual e o seu marketing, mais essa marca se torna uma lembrança fácil para o consumidor e se posiciona no mercado.

Se falarmos em aplicativo de streaming, qual o primeiro que surge na sua mente?

Pois é, marcas como o Spotify trabalham com seriedade a sua identidade e por isso criam o que chamamos de consciência de marca.

Criar uma relação com seu público

Usar os elementos da marca da forma correta cria uma relação com seu público que, instantaneamente, se identifica com a marca.

O apelo visual é grande e o público se acostuma a identificar certos elementos gráficos ao ver publicidade, embalagens, entre outros.

Manter a padronização para qualquer campanha e material produzido

É natural que campanhas distintas requeiram características diferentes também, como, por exemplo, uma campanha de natal e uma do dia das mães.

 No entanto, mesmo com essas variações, é fundamental se manter fiel aos padrões da marca. 

As campanhas são pontuais, porém, a marca é a mesma, por isso, a padronização deve ser preservada.

Essa padronização deve ser respeitada, inclusive, dentro da empresa pelos colaboradores. Precisa mandar um ofício, vai criar uma assinatura de e-mail ou fazer um relatório? consulte o manual de marca para não errar.

Reduzir a incidência de erros

E por falar em errar, o manual de marca serve justamente para que você não tenha que fazer retrabalho por causa de uma peça, arte, documento que ficou fora do padrão.

Imagine desenvolver peças de mídia para uma campanha e só depois de prontas ver que estão erradas?

O manual de marca, se consultado e aplicado, além de evitar o retrabalho ainda te poupa de custos desnecessários.

Campanhas terceirizadas sem erro

Muitas empresas têm o hábito de terceirizar grandes campanhas ou até mesmo todo o serviço de marketing digital. 

É imprescindível que o manual de marca seja repassado à agência responsável para não ter surpresa em encontrar um erro com a campanha já no ar e vista por centenas de pessoas.

Isso vale, como já até citamos o exemplo, para eventos, patrocínio e apoio em que sua empresa participará.

Portanto, fica a nossa dica: aproveite o manual de marca para garantir uma valorização da sua marca diante dos seus clientes, fortalecendo o laço fundamental que permitirá, com o tempo, que ela se torne uma top of mind.

Sua empresa já tem um manual de marca? O post de hoje te ajudou a entender a importância desse documento? Conte para a gente nos comentários e compartilhe esse post com quem você acha que pode se interessar pelo assunto.

 

Posts Relacionados

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado