Como trabalhar o marketing na pandemia

181M-01-1

20.09.2020 | Por: administrador

Como trabalhar o marketing na pandemia

A crise do coronavírus tem afetado, sobremaneira, diversos segmentos de mercado. Isso é um fato. Mas outro fato que se deve levar em conta durante essa pandemia é que ela vai passar e o seu negócio precisa sobreviver até lá. Como fazer marketing durante a pandemia seja talvez uma das maiores dificuldades de gestores em geral e é sobre isso que vamos falar ao longo deste artigo.

Em um primeiro momento, a ideia parece paradoxal: investir em marketing digital em um contexto de dificuldades financeiras pode soar, aos desavisados, um ceticismo categórico. Mas não é bem por aí.

É claro que as empresas de modo geral estão preocupadas em salvaguardar as suas economias para sobreviver a essa pandemia, mas deixar com que o seu cliente se esqueça de você, simplesmente se ausentando do ambiente digital é colaborar para o colapso do seu negócio.

Antes de continuarmos o nosso bate papo, siga a leitura com a mentalidade de que a comunicação e as estratégias de marketing durante a pandemia fazem parte do enfrentamento à crise do coronavírus. É tão vital para a saúde do seu negócio quanto higienizar as mãos é medida efetiva para proteger a saúde.

Marketing na pandemia: entenda por que é importante

A situação é excepcional e vem alterando o comportamento de empresas e pessoas. O foco dos assuntos é, inevitavelmente, o coronavírus, dando a impressão que ninguém mais busca por nada além disso.

Sim, as pessoas estão mais receosas e, principalmente, devido aos desajustes financeiros pelos quais boa parte da população está passando, elas estão também mais restritivas em relação a gastos desnecessários.

Ao mesmo tempo que isso acontece, surge também um aumento considerável de permanência dessas pessoas na internet, seja pesquisando algo específico, visitando sites que gostam, zapeando pelas redes sociais e etc.

E é bem aqui que o marketing durante a pandemia começa a fazer sentido. Atrair a atenção desse consumidor enquanto ele tem mais tempo disponível para isso é o segredo, e isso não significa, necessariamente, vender diretamente para ele. A ideia é justamente criar um top of mind que possibilite que a sua marca fique registrada na lembrança dele durante e após a crise.

Ou seja, ainda que estejamos vivendo uma situação atípica, as pessoas, mesmo alterando os seus comportamentos, ainda mantém as suas necessidades básicas, os seus objetivos e planejamentos. Mesmo que tenham sido postergados, ela ainda mantém os seus desejos.

E se você souber entender essa dinâmica, a sua marca passa a ganhar cada vez mais relevância para esse público. Por isso o marketing na pandemia torna-se tão importante.

Mas uma vez que a situação exigiu de todos nós um ajustamento nos comportamentos, exigirá também na forma como colocar em prática esse marketing. Como as pessoas em geral estão bastante sensibilizadas, ajustar seu conteúdo e sua linguagem pode ser necessário para evitar interpretações negativas.

Vamos falar agora sobre dicas de como fazer marketing na pandemia.

Primeiro é inegável que os interesses de pesquisas mudaram repentinamente após o início da pandemia. Obviamente, todos os holofotes se voltaram para termos de pesquisa que têm relação com o coronavírus.

As pessoas estão preocupadas e curiosas, já que é uma situação tão nova. Só para se ter uma ideia, por exemplo, desde o surgimento da pandemia, o Google Trends, principal ferramenta de análise de termos de pesquisa, tem registrado aumento significativo nas buscas relacionadas ao coronavírus.

Pesquisas sobre “como pegar coronavírus”, “como se proteger do coronavírus” e mesmo a termos relacionados como “quarentena”, “isolamento”, “máscaras” tem sido recorrentes nas ferramentas de busca.

Nesse cenário de tantas incertezas, as pessoas procuram por informações para se orientar, para lidar com as implicações do momento, para se distrair do bombardeio de notícias ruins, para se sentir melhor ou, até mesmo, para contribuir, de algum forma.

E é aqui que você entra com um bom marketing durante a pandemia.

Dicas de conteúdo para trabalhar durante a pandemia

Ações de prevenção

Os termos mais procurados nas buscas ultimamente são os que se referem às medidas de prevenção ao coronavírus.

Esse, então, pode ser um dos ganchos a se trabalhar o marketing durante a pandemia. Mas cuidado: as palavras-chaves “coronavírus”, “covid-19”, “SARS-CoV-2”, devido ao seu volume de buscas e grau de relevância, já são bem ranqueadas, principalmente pelos grandes sites.

Sendo assim não é estrategicamente interessante trabalhar com essas palavras-chaves especificamente. Ao contrário, prefira as palavras-chaves de cauda longa e tente colocar o conteúdo relacionado com o seu ramo.

Assim você não comete o erro de passar informações que talvez não estejam totalmente de acordo com os órgãos oficiais e, além disso, cria um conteúdo mais estreito e personalizado para o seu cliente.

Por exemplo, se você trabalha com veículos, invista em conteúdos de prevenção e higienização veicular em tempos de pandemia, se lida com varejo, liste cuidados ao se fazer ou receber compras, se trabalha com tecnologia, ensine seu público a higienizar corretamente os equipamentos e assim por diante.

Entrega de conteúdos online

O surgimento da pandemia alterou a relação de trabalho na maioria das empresas, que tiveram de começar a instituir o homeoffice em muitos casos e adaptar a relação com o cliente, que passou a ser quase que 100% online.

O fortalecimento dos e-commerces é reflexo dessa nova fase. O que já até era uma tendência, com a pandemia passou a ser realidade.

Então este é o momento para você fortalecer a venda do seu produto ou serviço por meio das plataformas digitais, mas mais do que isso é hora também de entregar além.

Neste momento em que as pessoas estão mais ociosas, é comum que elas se interessem por uma série de assuntos que vão desde saber organizar melhor as atividades em casa até educação financeira em tempos de pandemia, por exemplo. Assim, se você tem a expertise em algum assunto que possa ser relevante para o seu público, que tal começar a trabalhar isso em forma de um curso online?

Seja qual for o seu segmento, é interessante começar a pensar nas formas de entregá-lo por meio das plataformas digitais, afinal os clientes não desapareceram, eles estão esperando ser provocados por você com a oferta ideal.

O momento é de se reinventar.

Líderes precisam se posicionar

Já falamos que a omissão aqui nem de longe é uma boa estratégia. A empresa precisa se posicionar, mostrar a cara, dizer o que, de fato, está fazendo de relevante, dentro deste contexto, para colaboradores, clientes, parceiros.

Mais do que isso, os líderes também precisam se posicionar. Você, enquanto proprietário, apareça! Como sugestão, você pode gravar vídeos para redes sociais falando do posicionamento da empresa, se mostrando aberto para esclarecimentos com clientes e etc.

Isso vai criando uma relação de proximidade com o seu público, que passa a enxergar a sua empresa não só como um CNPJ frio, mas como uma empresa socialmente responsável e idônea.

Demonstre empatia

Em situações de crise, as pessoas se tornam muito mais sensíveis e é natural, afinal, as notícias nem sempre são animadoras.

Por esse motivo, ao fazer marketing durante a pandemia, você precisa ser empático com o seu público. Qualquer sinal de frieza, ironia ou menosprezo da situação pode representar uma ruptura na sua relação com o seu público.

Nesse sentido, escolher bem a linguagem e o tom de voz na hora de expressar o seu conteúdo é uma boa saída para não cair na reprovação do cliente.

 Conteúdos que promovam o relacionamento

Em tempos de pandemia, as lives ganharam o coração das pessoas. Uma forma simples de promover a interação e a distração das pessoas que, muitas vezes, se veem entediadas e ansiosas em casa.

Por que não usar essa estratégia de marketing para o seu negócio também?

Promova lives com assuntos e conteúdos de interesse dos seus consumidores e veja um fenômeno chamado fortaleça o seu relacionamento acontecer. Você pode criar um calendário de lives direcionando o público com os temas a serem abordados.

Além disso, dependendo do seu segmento, você pode ainda criar conteúdos que distraiam o público. Se você é dono de uma academia, faça uma live periódica com atividades físicas, se você é professor de dança, ofereça aulas pontuais de alguma modalidade, live de meditação, de alimentação e receitas.

Enfim, dá para se ter um universo de possibilidades adaptáveis para o seu nicho para que você faça marketing na pandemia, mas sem se tornar um insensível e oportunista.

Marketing (inteligente) é preciso

Por meio da comunicação, pode-se atuar na prioridade número um: não desaparecer de cena. Marcas que se tornarem esquecidas durante a crise terão menos chances de retomarem seus lugares junto à preferência do consumidor quando tudo voltar ao normal.

Os brasileiros esperam que as marcas sirvam de exemplo e guiem a mudança, sejam práticas e realistas e ajudem consumidores no dia a dia e que, além disso, ataquem a crise e demonstrem que ela pode ser derrotada.

Em sintonia com a gravidade da situação, e em um mercado altamente complexo e em queda, uma das principais tarefas parece ser demonstrar, de modo inequívoco, empatia e solidariedade com colaboradores, fornecedores e consumidores. Ignorar o momento vivido, insistir em mensagens promocionais convencionais ou, pior ainda, mostrar-se insensível ao sofrimento e à sina dos menos privilegiados são atitudes que podem comprometer a reputação e colocar em risco o valor da marca.

Conclusão

Diante do que falamos até aqui, chegamos à conclusão que mesmo em situações de crise como a que estamos vivendo o marketing ainda pode ser trabalhado pelas empresas.

Vimos que o lance é repensar a forma como as empresas se mostrarão diante desta pandemia, não ser oportunista, participar do dia a dia do cliente e ser empático são características que os consumidores esperam das marcas neste período.

E o mais importante: não sumir do seu cliente. Reinvente-se, adapta-se e volte mais forte quando tudo isso passar.

E você, como tem feito o seu marketing durante a pandemia? Espero que as nossas dicas sejam úteis para você e que o seu cliente curta cada vez mais o seu trabalho!

Ah, e se você gostou do nosso artigo não deixe de compartilhá-lo para que mais pessoas possam se beneficiar das nossas dicas de como usar o marketing de forma inteligente e estratégica durante a pandemia da Covid-19.

Estamos abertos e receptivos para novas sugestões de conteúdos e esclarecimentos de dúvidas! É só mandar!

Posts Relacionados

por-que-verificar-tags-no-google-analytics
  • Data: 13.10.2020
  • Por: Por: administrador

Google Analytics de forma prática

Uma parte complexa do processo de trabalhar com marketing digital é lidar com códigos, gadgets e fazer o rastreamento dessas alterações de forma rápida e fácil. Quem já trabalha com isso há mais tempo e possui mais experiência também conhece a necessidade...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado