Tudo sobre mídias sociais para e-commerce: dicas de conteúdo e mais

redes-sociais-e-commerce

16.02.2020 | Por: administrador

Tudo sobre mídias sociais para e-commerce: dicas de conteúdo e mais

Ter um e-commerce apresenta inúmeros benefícios: facilidade de acesso ao público-alvo, possibilidade de ter uma equipe menor, maior alcance de vendas, derrubar barreiras geográficas e muito mais com Mídias Sociais para e-commerce.

Mas a cada dia que se passa um novo e-commerce surge e, com a maior concorrência, os desafios e dificuldades para alcançar os objetivos propostos ficam ainda maiores.

Com tudo girando em torno do digital, ter um espaço virtual para a demonstração dos produtos e serviços, como é o caso do e-commerce é bastante útil, mas igualmente importante é disponibilizar esse negócio também nas mídias sociais, afinal é necessário um bom trabalho de divulgação para se diferenciar entre os concorrentes. 

Além disso, as mídias sociais permitem falar diretamente com o público e torna a marca mais acessível.

Neste texto vamos falar sobre a “casadinha” mídias sociais e e-commerce e como as redes sociais podem colaborar com o sucesso do seu negócio. Veja a seguir as respostas para as principais dúvidas sobre esse tema!

 

Por que as mídias sociais são importantes?

O consumidor mudou. As propagandas tradicionais, veiculadas via televisão, rádio, revista, outdoor e panfletos, atualmente são vistas como uma interrupção no entretenimento.

Ou seja, grande parte dos consumidores se sente incomodado e invadido por este formato de divulgação tradicional.

O consumidor moderno deixa o perfil passivo e se porta de forma ativa dentro da publicidade. Ele quer conversar com a marca, expor sua opinião e ditar tendências. E são as mídias sociais que atendem ao perfil desse novo tipo de consumo.

Além disso, se você tem uma loja virtual, saiba que as mídias sociais são uma grande geradora de tráfego orgânico para o seu site. Cerca de 90% dos e-commerces usam as mídias sociais para dar visibilidade ao negócio.

Falando em números, talvez você tenha a dimensão do que a mídia social. São cerca de 2,5 bilhões de usuários de mídias sociais e, se as pessoas estão lá, o seu e-commerce também precisa estar, pois as marcas se relacionam é com pessoas.

Você não pode deixar de fazer parte deste mercado tão imenso.

 

Como as mídias sociais podem ajudar o seu e-commerce?

Mais de 50% dos consumidores que compram pela internet afirmam que acessam as mídias sociais em busca de mais informações sobre os produtos ou serviços desejados.

Ou seja, você está em busca do consumidor e ele está nas mídias sociais, então, para onde você deve ir? Como dissemos agora mesmo, é lá que você terá a chance de se conectar com milhares de pessoas propensas a conhecer o seu e-commerce.

As redes sociais aproximam empresa e cliente, rompendo as barreiras de tempo e de espaço. Assim, o seu e-commerce pode alcançar consumidores em outras cidades ou estados, além de manter um canal de comunicação aberto 24 horas por dia.

Quais as vantagens de utilizar as redes sociais para divulgar o seu e-commerce?

Acessibilidade

Ao criar perfis nas principais redes sociais para o seu e-commerce, a sua marca se torna mais acessível e pode ser facilmente encontrada pelo público interessado.

Custo benefício

As propagandas pagas permitem a seleção do público alvo da marca. Assim, a divulgação apresenta uma maior taxa de resposta e, por consequência, de retorno financeiro. A divulgação custa menos do que a publicidade tradicional e traz mais lucro.

Alcance

As redes sociais levam o seu e-commerce para todo o mundo. Por isso, prepare-se para crescer e receber pedidos e elogios dos mais distantes locais.

Segmentação

Com as redes sociais, é possível selecionar o público. Ou seja, é possível escolher o perfil detalhado das pessoas que serão alcançadas pela propaganda e o seu negócio evita gastar com propagandas sem resultado.

Análise de dados

Média de idade, local de moradia, horário de acesso. Esses e mais diversos fatores podem ser avaliados em relação ao público que acessar as redes sociais do seu e-commerce. Dessa forma, é possível entender os pontos fracos e fortes da divulgação, fazer pesquisas e muito mais.

Credibilidade

Ao mostrar que o seu e-commerce é moderno e acessível, a sua marca ganha espaço e confiança no mercado. Essa credibilidade é uma peça fundamental para o seu negócio se destacar em meio à grande concorrência do ambiente virtual. Isso ocorre porque as redes sociais aproximam consumidor e empresa, criando um vínculo de confiança e de comunicação que vai além do momento de compra.

 

Como gerar tráfego a partir das mídias sociais?

A resposta que resumiria essa pergunta seria: produzindo conteúdo e, de preferência, de qualidade. 

Um bom conteúdo para gerar tráfego para as mídias sociais é aquele que é capaz de criar conexões, relacionamento e engajamento.

Pesquisas mostram que pessoas que engajam nas redes sociais estão três vezes mais aptas a consumir no e-commerce referente à marca ainda recomendá-la.

E advinha onde elas irão fazer as recomendações?

Isso mesmo! Na rede social.

Perceba que é um ciclo! Você produz um conteúdo que desperta o interesse dessa pessoa, ela fica mais propensa a comprar no seu e-commerce e então volta para recomendar a sua marca nas mídias sociais. Assim, outras pessoas passarão por este ciclo também!

Uma pessoa recomendar a sua marca na mídia social é extremamente positivo, é um dos maiores exemplos de prova social.

Para isso, foque em um conteúdo que atenda às necessidades do seu público-alvo, e uma boa estratégia é fazer a segmentação de conteúdo . Quando você é bem assertivo na sua comunicação, você fideliza clientes e cria a sua identidade, atraindo cada vez mais pessoas interessadas no que você tem a oferecer.

Além disso, você também precisa interagir com as interações! É isso mesmo! Essa é uma via de mão dupla! Por isso, responda às reclamações, agradeça os elogios! Pessoas gostam de se conectar com pessoas e não, propriamente, com marcas. Elas gostam de ver que foram respondidas, que existe um ser humano por trás daquela marca.

Recursos para usar na mídia social que podem ajudar o e-commerce

A primeira coisa que você precisa fazer quando decide começar as mídias sociais para ajudar no seu e-commerce é entender que as duas coisas estão interconectadas. A mídia social exerce um papel fundamental no sucesso do seu e-commerce, por isso nunca é demais pensar em boas estratégias para as redes sociais.

Fazer um planejamento de conteúdo pode ser o primeiro passo. Conhecendo a sua persona e o seu público-alvo isso fica mais fácil, afinal todo e qualquer tipo de conteúdo deve ser pensado e elaborado para ele.

Veja o que você pode produzir para gerar tráfego no seu e-commerce:

Artigos

Os artigos são o tipo de conteúdo indispensável para publicar nas mídias sociais. Você pode ter um blog e produzir, periodicamente, artigos à respeito do seu universo, compartilhar no Facebook e atrair visitas no seu blog. Uma vez no blog, as chances da pessoa conhecer o seu e-commerce e adquirir é absurdamente maior.

Veja neste artigo as dicas sobre como fidelizar os leitores de um blog.

Vídeos

Vídeos são ferramentas poderosíssimas de engajamento e conexão. Crie boas histórias para vídeos impactantes, use depoimentos de clientes, faça vídeos sobre os produtos , sobre a história da marca e muitos outros assuntos que dariam para criar produções incríveis para mídias sociais.

Vídeos de até cinco minutos costumam ser mais aceitos e mais compartilhados.

Faça lives

As lives estão com tudo ultimamente e também entram na lista de recursos que você pode utilizar para o seu e-commerce.

É necessário um bom trabalho de divulgação para se diferenciar entre os concorrentes. 

Veja alguns motivos pelos quais você deveria considerar utilizar vídeos ao vivo:

80% das pessoas preferem assistir um vídeo ao vivo do que ler um blog post. 82% das pessoas escolheriam um vídeo ao vivo no lugar de qualquer outro tipo de post de mídia social.

Os usuários assistem vídeos ao vivo no Facebook por 3x mais tempo do que vídeos gravados e eles possuem 10x mais comentários.

Mais de 36% dos usuários da Internet já assistiram a um vídeo ao vivo.

Mas por que isso acontece? Porque as pessoas acabam se sentido partes do processo, elas criam identidade, sentem-se valorizadas em poder participar, ser respondidas na hora.  É uma experiência melhorada para o cliente.

Mas certifique-se de sempre avisar com antecedência os seus clientes sobre a entrada ao vivo. Você pode, por exemplo, criar o hábito de uma vez por semana fazer uma live no mesmo horário sobre algum assunto de interesse do seu público-alvo. Isso fará com que os clientes  saibam desse compromisso e fidelizem a participação deles.

Outra coisa importante nesse processo é ter um bom sinal de internet, do contrário a boa experiência cai por terra, já que todo mundo odeia assistir a um vídeo que cai o sinal e fica cortando toda hora.

Faça anúncios pagos

Tudo isso que falamos até aqui vai ao encontro do que é necessário fazer para usar as mídias sociais beneficiando o seu e-commerce, mas dentro do contexto do tráfego orgânico.

Mas outra estratégia amplamente utilizada em conjunto com essa é a dos anúncios pagos.

Você pode e deve fazer anúncios nas mídias sociais. Nesse caso, você pode até ser mais direto na divulgação. Por exemplo, anunciar um produto ou serviço do seu e-commerce, uma promoção, um lançamento e etc.

Diferentemente do tráfego orgânico, que é mais cadencisoso, o tráfego pago é mais direto e imediatista. Ambos levarão o público das mídias sociais até a pagina do seu e-commerce, só que por maneiras diferentes.

Marketing de influência

Não é à toa que esse tipo de divulgação nas mídias sociais ganhou esse nome. Usar o marketing de influência é, sim, influenciar potenciais clientes para, pelo menos, conhecerem o seu produto ou serviço no seu e-commerce a partir das mídias sociais.

O marketing de influenciador é o método que mais cresce para adquirir clientes.

As pessoas tendem a confiar naquelas outras as quais elas consideram importantes ou entendidas do universo em questão. Elas acreditam que o influenciador sabe realmente sobre o que está indicando ou falando e imaginam que as experiências serão bastante semelhantes.

Escolha quais mídias sociais utilizar

Não adianta querer abraçar o mundo e investir tempo e produção em todas as mídias sociais do momento achando que mais é melhor.

Não se engane!

Você precisa sim escolher estrategicamente em quais mídias sociais vai investir para ajudar a alavancar o seu e-commerce.

Mais uma vez aqui você precisa estar alinhado com o seu público-alvo e saber em quais mídias sociais ele se encontra.

Em particular, você deve notar o seguinte:

O Pinterest é ótimo se você tem uma audiência predominantemente feminina.

O Twitter possui a maior predominância nos EUA.

Usuários do Facebook acessam o site principalmente em dispositivos móveis.

O Instagram é completamente dependente de estética.

O LinkedIn é principalmente para B2B.

Ninguém vai deixar de comprar na sua loja porque você não tem uma página no Facebook, mas podem deixar de fazer a compra se enviarem mensagem pela rede social e você nunca responder. 

Esteja apenas nas redes sociais onde você consegue fazer um trabalho excelente – e não pense que você pode fazer um trabalho excelente em todas.

Tenha certeza que você não está gastando seu tempo, dinheiro e esforço em uma plataforma que simplesmente não combina com o seu negócio.

As mídias sociais permitem mensurar os resultados

Esse é um dos recursos mais interessantes e que permite ajustar estratégias cada vez mais efetivas para o seu e-commerce.

Saber se o caminho que você está seguindo é realmente o melhor.

Há formas simples de fazer isso. Por exemplo, uso de cupons ou de códigos para mostrar de onde o consumidor veio. Pedir para que esses clientes coloquem em suas compras esses dados vai ajudar muito.

Outra forma é alinhar o Google Analytics ao Facebook. Basta colocar alguns códigos no carrinho de compra que você verá quanto de compra seus clientes vieram das redes e chegam até o final do processo de compra.

Conclusão

Vimos no artigo de hoje sobre como usar as mídias digitais a favor do e-commerce e chegamos à conclusão que um não pode viver sem o outro.

São canais que se complementam e por isso não podem estar separados.

 Entendemos alguns processos para aplicar nas mídias sociais como elaborar conteúdo de qualidade com os seus recursos para isso e vimos também que outra grande vantagem da mídia social para o e-commerce é poder mensurar como e quanto ela está dando de resultado.

Se você tem um e-commerce e ainda não está usando as mídias sociais para alavancar o seu negócio, ainda está em tempo de mudar esse jogo.

Comece agora mesmo usando as nossas dicas de mídias sociais e faça a diferença em um ambiente cada vez mais competitivo.

 

Posts Relacionados

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado