CTA: O que você precisa saber para elaborar irrecusáveis Call to Action

a-importancia-do-cta-para-o-marketing-de-conteudo

04.02.2020 | Por: administrador

CTA: O que você precisa saber para elaborar irrecusáveis Call to Action

Se você trabalha com marketing de conteúdo, certamente já ouviu falar ou já incluiu diversas CTA’s em seus textos. Mas para começar este artigo, vamos te mostrar também que a CTA está presente no nosso dia a dia em forma de diversas mensagens. Veja:

Você vai ao banco e se depara com esta mensagem na porta: “empurre”

Quando você entra, outra mensagem lhe é direcionada: “Ar-condicionado. Mantenha a porta fechada”

Na porta de um estabelecimento qualquer você encontra o seguinte direcionamento: “entre”

Sem contar, as diversas mensagens não-verbais como as luzes do semáforo ou placas de trânsito, por exemplo.

O que todas elas têm em comum?

O fato de serem uma chamada para ação. Elas indicam o que devemos fazer naquele momento. 

O que é um CTA?

O Call to Action é um termo que significa, em inglês, “chamada para ação”, e, no meio digital, tem como objetivo direcionar o visitante de um site a tomar uma ação específica dentro do blog, orientar o usuário a fazer um cadastro para receber newsletter, preencher um formulário, fazer um download, pedir um orçamento, fazer um teste gratuito de software ou acessar um link de um post no blog, como esse.

Um CTA pode ser inserido em um blog no formato de texto (link), em formado de botão ou até mesmo no formato banner, tudo depende do destaque que você quer dar para a ação desejada.

Calls to Action são muito usados para convencer um leitor a baixar um e-book, assinar a newsletter, participar de um webinar, fazer contato com um consultor ou até mesmo fazer a compra de um produto. Tudo depende do estágio em que o usuário se encontra no funil de vendas.

Agora que você já sabe o que é um CTA, vamos te mostrar a importância dele para o marketing de conteúdo e te dar algumas dicas para elaborar um bem atraente! Continue acompanhando!

 Qual a importância do CTA para o marketing de conteúdo?

O Call to Action é um dos elementos mais importantes de uma estratégia de marketing de conteúdo, pois ele é o responsável por transformar os visitantes de seu blog em oportunidades de negócio para sua empresa.

O CTA dentro de uma página também ajudam a manter o usuário por mais tempo em seu blog, incentivando-o a acessar outros materiais e colete mais informações sobre seu negócio, ou mesmo convencendo-o a adquirir o produto oferecido por sua empresa.

Mas como escolher o melhor CTA?

Como dissemos, o CTA está diretamente ligado às fases do funil de vendas. Antes, você precisa entender em qual estágio de compra está a sua persona para então pensar na melhor e mais efetiva forma de fisgá-la.

Para seguirmos, vamos relembrar quais são as etapas da jornada de compra do cliente:

  • Aprendizado e descoberta (topo de funil): o cliente não sabe ou não tem certeza de que possui um problema ou que tem a necessidade de um produto ou de um serviço. Ele tem seus hábitos e preferências de pesquisa.
  • Reconhecimento do problema (meio de funil): a pessoa pesquisa por temas e assuntos específicos e tem acesso a informações que a ajudam a perceber a existência de um problema ou de uma necessidade;
  • Consideração da solução (meio de funil): ao perceber que tem um problema, o consumidor segue pesquisando soluções e passa a considerar aquela que melhor se encaixa na sua necessidade;
  • Decisão de compra (fundo de funil): após analisar as opções do mercado, é tomada a decisão e a compra pode acontecer.

Por exemplo, sabemos que boa parte de toda jornada de compra é iniciado, antes, em pesquisas na internet, caracterizando o primeiro estágio “Aprendizado e Descoberta”.

Se você construiu seu site ou blog utilizando as melhores e mais eficazes técnicas de SEO em seu conteúdo, certamente irá atrair muitas pessoas que ainda não conhecem o seu produto ou serviço. 

Assim, de nada adianta você querer que essa pessoa que acaba de chegar na sua página compre, de cara, um produto qualquer utilizando um código de desconto, por exemplo, que você colocaria em um banner, ou ainda querer que ele faça um teste gratuito.

 Esse tipo de call-to-action é muito mais relevante para alguém que conhece mais do seu negócio, produtos/serviços e já está em processo de decisão de compra.

Talvez para esse visitante seria mais interessante um e-book ou um webinar, pois ele se sentiria mais atraído para entender mais sobre a proposta de valor que você oferece.

Escolha o objetivo do CTA

Sendo a call to action uma chamada para ação, ela precisa então atingir um objetivo. Afinal, a CTA é também uma estratégia de marketing de conteúdo e não deve ser usada sem ser articulada para um objetivo final que irá contribuir para um resultado positivo nas conversões.

Os objetivos mais usados na hora de elaborar uma CTA são:

1- Captar leads: Grande parte de todo o conteúdo que é disponibilizado e que vem com alguma CTA é para colaborar na geração de leads. Você oferece um determinado conteúdo em troca de dados daquela pessoa que poderão ser úteis para novas formas de abordagem.

2- Gerar tráfego no blog: quando você usa uma CTA dentro de um artigo, como um link para outro texto, você cria e mantém tráfego dentro do seu blog, além de fazer com que o usuário permaneça por mais tempo lendo o seu conteúdo. Além disso,  linkar para outros artigos relacionados ao tema é uma excelente maneira de melhorar o ranqueamento nos motores de buscas sem a necessidade de links externos.

3- Recomendar um download: Usuários de meio e fundo de funil estão mais propensos a executar essa chamada, pois já adquiriram o conhecimento de que precisavam para se sentirem atraídos por algo mais aprofundado do seu produto ou serviço. É uma boa maneira de oferecer um conteúdo exclusivo. 

Ele pode vir em diversos formatos: ebooks, apresentações de slides, arquivos em Excel, infográficos, planilhas, whitepapers, podcasts, entre muitos outros.

4- Inscrição em uma newsletter: quando o usuário se inscreve em uma newsletter, ele passa do topo para o meio do funil, pois demonstra interesse em querer saber mais sobre o negócio. Uma boa sugestão para essa chamada é colocar a CTA no final dos seus textos em cada página.

5- Direcionar para uma landing page: a landing page seja, talvez, um dos exemplos mais claros de CTA para geração de leads, como dissemos no primeiro tópico. Por ser uma página de cadastro, ela torna-se ideal na estratégia para aumentar as conversões. 

6- Interação nas redes sociais: outra forma bastante comum de usar CTA são os direcionamentos nas redes sociais. Pedir para curtir, compartilhar ou comentar um conteúdo são exemplos claros disso. Fora que você mantém sempre sua audiência engajada e pode aumenta-la ainda mais quando seu conteúdo for compartilhado.

7- Participar de evento: Quando você cria em evento, seja nas redes socais ou em seu site e pede para que as pessoas confirmem a participação, você está também usando uma poderosa call to action para dar visibilidade ao seu evento. 

8- Assistir a um vídeo: poderosa maneira de chamar a atenção do usuário, uma vez que as pessoas têm mais facilidade de se sentirem atraídas por meio da conexão emocional que um vídeo promove.  Portanto, você pode e deve incentivar o usuário a assistir o seu conteúdo em vídeo através de CTA’s no seu ambiente virtual.

9- Pesquisas: pesquisas sempre serão ótimas ferramentas para ajudar você a descobrir diversas informações relevantes para o seu negócio. 

Como elaborar um bom CTA?

Ao criar um Call to Action para seu blog ou site, você deve levar em consideração alguns aspectos importantes que farão toda a diferença. Dentre eles, podemos destacar:

Seja objetivo

Um Call to Action eficiente deve ser o mais objetivo possível, deixando claro para o usuário exatamente o que ele irá receber ao clicar no link sugerido em seu blog.

CTAs devem ter textos curtos que transmitam o principal benefício da oferta e digam o que acontecerá em seguida.

É importante também não prometer algo que você não será capaz de entregar a seu cliente, pois isso pode prejudicar a experiência dele com sua marca.

Dicas para texto de CTA

  • Comece com verbos no imperativo, afinal você está convidando-o para uma ação, e seja específico deixando claro o que o usuário vai receber. Por exemplo: receba agora um orçamento por e-mail, baixe aqui o seu roteiro de viagem. Nada de Clique aqui ou Veja aqui.
  • Crie urgência. Palavras como “hoje” e “agora” mostram o quão fácil e imediata é a ação.
  • Para ser ainda mais específico e claro na comunicação, use números que expressem o benefício ou a escassez da oferta. Por exemplo: Ganhe agora 30% de desconto na primeira compra, Restam apenas 5 unidades, garanta o seu agora.
  • Ofereça algo que valha a pena ser clicado: essa é a mais óbvia, mas frequentemente esquecida. Não espere que o usuário realize a ação só porque é isso que você quer. Ele só vai clicar se for do interesse dele. Por isso, é importante que a oferta da chamada seja de fato interessante.

Onde usar as Call to Action?

Páginas do site

Um bom Call to Action deve estar bem localizado para atrair a atenção do usuário que navega em sua página. Áreas nobres de seu blog, como o topo da página e o topo da barra lateral são excelentes opções para aumentar a visibilidade de seu Call to Action.

Posts no blog

Outra opção eficiente é inserir um CTA é no final de cada artigo publicado. Se a ação sugerida tiver relação direta com o conteúdo do post, melhor ainda: maiores serão as chances de seu Call to Action gerar o resultado esperado.

Redes sociais

Você pode ainda usá-las em suas redes sociais a fim de levar o consumidor ao próximo estágio do funil de vendas. Em um post patrocinado, por exemplo, você divulga o seu produto ou serviço e pede para que o cliente acesse o seu site, direcionando-o para a sua página.

Exemplos: Saiba mais, direcionando para o site, Reserve agora, entre outros.

Em um artigo, um exemplo claro é: curta e compartilhe com seus amigos.

Outros locais em que você pode usar CTA

Email marketing

Quando você chega a ter acesso ao email do seu cliente, você já pode considera-lo como meio de funil, ou seja, ele já demonstrou interesse no seu negócio.

E bons e-mails marketing devem vir acompanhados de boas CTA’s. É uma maneira de você estar sempre nutrindo esse cliente e ver em que grau ainda está o interesse dele.

A sua CTA pode direcioná-lo para o site e assim ele torna-se potencial cliente que poderá consumir. Ou, do contrário, você percebe que ele nunca acessa os e-mails, sendo assim um lead desqualificado.

Vídeos

No caso dos vídeos, a CTA pode ser uma mensagem final ou colocada na descrição, uma vez que não é possível inserir links em vídeos.

Ex.: Para realizar uma doação, basta clicar no link da descrição!

Ofertas

Em toda estratégia de promoção, é preciso criar boas chamadas para a ação e fisgar o consumidor de maneira rápida e eficiente.

É importante também criar um senso de emergência para que o usuário sinta a necessidade de realizar a ação de imediato.

Ex.: Compre por um preço especial somente neste link.

Faça testes A/B

É normal que você tenha dúvidas sobre qual o melhor formato de Call to Action, onde posicioná-lo e até mesmo quais cores utilizar em sua criação.  E os testes A/B são excelentes ferramentas para descobrir qual é o melhor formato de Call to Action para o seu blog.

Realizar um teste A/B é bem fácil. Basta que você crie duas versões de sua página, mas com posição, formato ou cores do Call to Action diferentes. Após um período com estes dois anúncios no ar, avalie qual gerou mais resultados e use-o como padrão.

Mas lembre-se: teste um aspecto do seu CTA por vez ― cor, local, chamada, fonte, etc ― para ter certeza do que realmente faz a diferença em seu anúncio.

Como fazer o seu call to action ser notado?

Um CTA precisa se destacar na página, do contrário as pessoas não perceberão que se trata de uma chamada diferenciada para executar alguma ação, não é mesmo?

A seguir algumas dicas para fazer a sua call to action ser notada:

Cores: o uso de cores diferenciadas é uma boa opção para fazer essa diferenciação, aliás todo o site possui, ou pelo menos deveria possuir uma estrutura de cores que têm a ver com o propósito e a identidade do  negócio. Na CTA você pode usar uma cor que se destaca, que se diferencia das demais cores do site a fim de chamar a atenção do usuário.

Posição: coloque a sua CTA em um local estratégico. Na home, por exemplo, evite colocá-la no rodapé, a menos que ela tenha sido inserida antes. Mas o ideal é que ela apareça já no cabeçalho.

Imagens: Se for possível, insira imagens em suas CTA’s. Imagens sempre chamam mais a atenção do que apenas textos.

O poder dos gatilhos mentais na construção de uma boa CTA

Você sabe ou já ouviu falar em gatilhos mentais? 

Gatilhos mentais são estímulos recebidos pelo nosso cérebro que influenciam diretamente a nossa tomada de decisão. Saber estimular esses gatilhos é uma poderosa arma de persuasão e pode ser ainda uma ótima ferramenta para deixar a sua call to action impossível de ser ignorada.

Alguns exemplos de gatilhos mentais que podem ser usados em CTA:

Escassez

o gatilho da escassez ativa um senso de urgência e valor no nosso cérebro. Algo está acabando e eu preciso garantir o meu logo. Ex: Temos apenas 5 unidades, garanta o seu.

Urgência

O gatilho da urgência nos leva a tomar atitudes ainda mais inconscientes, pois ele limita o nosso tempo na tomada de decisão. Ex: Só hoje matrícula com 30% de desconto, faça a sua agora.

Novidade

Todos nós somos movidos por novidade, tudo que é lançamento desperta a nossa curiosidade. Ex: Faça o teste da foto na nova câmera do celular xxxx.

Prova Social

Se tem muita gente fazendo alguma coisa, o seu cérebro já liga automaticamente como sendo alguma coisa muito boa. Por isso, na CTA você pode usar números de pessoas que já fizeram aquilo que você está propondo e que isso então poder ser uma vantagem para aquele usuário. Ex: Resultados comprovados por mais de 10 mil pessoas, inscreva-se.

Agora que você já sabe qual a importância de um CTA para o marketing de conteúdo, é hora de colocar seus conhecimentos em prática e criar calls to action para seu blog!

Ainda tem alguma dúvida? Deixe seu comentário que nós iremos ajudá-lo!

 

Posts Relacionados

entenda-como-funciona-a-jornada-do-cliente-no-marketing-de-conteudo-1
  • Data: 10.10.2020
  • Por: Por: administrador

Entenda a jornada do cliente e veja como estruturar conteúdos

ocê sabia que atualmente 93% das compras realizadas têm início com uma busca online? Devido a esse novo comportamento de compra, surgiu uma prática de marketing chamado jornada do cliente. Essa metodologia visa compreender e ajudar no processo...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado