Nossas últimas novidades

Home SEO SEO descomplicado: o que você precisa saber para começar

como-aplicar-o-SEO-e-ampliar-meu-alcance-na-internet

02.12.2019 | Por: administrador

Voltar

SEO descomplicado: o que você precisa saber para começar

Colocar seu site na primeira posição do Google e ampliar o alcance na internet. Isso é possível e conta com um recurso específico: o Search Engine Optimization (otimização para os motores de busca), conhecido como SEO.

Diversas são as técnicas para que você otimize o seu site. Vamos mostrar agora as que você pode começar a fazer agora mesmo.

 

Um dos maiores desejos para quem investe em Marketing Digital é ter o seu site figurando nas primeiras posições na pesquisa do Google. E também não é para menos, afinal, hoje a maioria das pessoas pesquisa na internet quando quer saber sobre algum assunto, produto ou serviço.

E, como um “passe de mágica”, ter o seu site já de cara para a pessoa clicar é algo maravilhoso, não é mesmo. Quanto mais na frente o seu site aparece, mais ele tem chances de receber cliques, gerando mais visitas e, consequentemente, aumentando as suas possibilidades de conversões e também trazendo autoridade para o seu site.

Pois saiba que colocar seu site na primeira posição do Google e ampliar o alcance na internet é possível e conta com um recurso específico: o Search Engine Optimization (otimização para os motores de busca), conhecido como SEO. Essa ferramenta digital abarca técnicas e tomadas de decisão que contribuem para sua marca aparecer no topo dos buscadores como o Google.

Entender a importância do SEO, saber como aplicar e ter profissionais experts no assunto ajuda você a posicionar melhor seu site na internet, trazer mais usuários (e consequentemente clientes) ao seu negócio e ainda se tornar referência na área em que atua. Neste artigo, trazemos todas as características que compõem esse cenário para você atingir o topo o quanto antes.

Importância da otimização de sites

Como dissemos, SEO (Search Engine Optimization) é uma otimização para ferramentas de busca. Reúne um conjunto de técnicas que visam colocar as páginas de um site em posições de destaque nos buscadores como o Google, Bing e Yahoo.

Como o bom posicionamento nas SERPs – Search Engine Response Pages, é fundamental para que o seu site se torne cada vez mais visível, o SEO é considerado uma das principais ferramentas do marketing de busca.

Esse recurso é a forma mais contundente de ampliar a exposição da sua marca na internet através do seu site e/ou blog. Ele conta com técnicas de otimização internas (OnPage) e externas (Off Page) que visam gerar um tráfego mais qualificado até a sua plataforma, sendo o primeiro nas buscas em palavras-chaves específicas e criando autoridade no seu segmento.

O SEO é indispensável para quem quer ampliar o alcance na internet. Sem ele é pouco provável que as pessoas cheguem até o seu site, e as que chegam poucas vezes querem se relacionar com seu conteúdo e não aderem ao que você busca vender. Compreender sua aplicação é indispensável como um diferencial competitivo nesse sentido.

Como o Google funciona?

Antes de entendermos sobre a aplicação das regras, propriamente ditas, do SEO, vamos saber como o Google funciona. Com isso mais claro, conseguiremos visualizar melhor a aplicabilidade do SEO.

Fazer uma busca na internet é algo tão automático para a maioria de nós, que não pensamos no que acontece no momento em que digitamos algo no buscador do Google. O que queremos é que nos sejam mostradas as opções de resultado para, então, selecionarmos aquela que vai resolver o nosso problema.

Para começar, vamos entender a diferença de resultados orgânicos e resultados pagos.

Os resultados pagos são aqueles que aparecem no topo da página e são sinalizados pela palavra “anúncio” dentro de uma caixinha abaixo do título e ao do lado esquerdo.  Para ocupar esses espaços, as empresas pagam por clique por meio de uma ferramenta do próprio Google chamada Google Ads.

Abaixo destes resultados aparecem aqueles resultados orgânicos, que, portanto, não são pagos e são frutos do seu trabalho de SEO, que vamos detalhar ao longo deste artigo.

E é aqui que vamos entender, de maneira simplificada, como o Google faz para “escolher” os resultados que figurarão nas primeiras posições.

Como funciona o Google Bot – o robô do Google

Os robôs do Google funcionam como rastreadores. Todas as páginas e conteúdos que são colocados na rede passam pelos “olhos” destes robôs. Esse processo é chamado de rastreamento.

Depois de rastrear, os robôs fazem a indexação dos conteúdos que é o processo de pegar as páginas rastreadas para incluí-las no seu índice. São indexadas informações como conteúdo da página, data da publicação, região da publicação, título, descrição e dados estruturados.

E então tudo fica “pronto” para na hora que alguém pesquisar os resultados aparecerem, conforme já sabemos. Assim, quando ocorre uma pesquisa, o índice do Google oferece os resultados mais relevantes daqueles que ele já havia rastreado e indexado. E esse critério não é feito aleatoriamente, mas sim com base nas estruturas de SEO de cada página ou conteúdo, que são os fatores de ranqueamento.

Resumindo funciona assim: Você disponibiliza um conteúdo na internet, o robô do Google vai rastreá-lo. Se ele “perceber” que seu conteúdo é relevante, ou seja, se você foi criterioso no uso das técnicas de SEO, ele vai indexá-lo, deixá-lo guardadinho para que quando alguém fizer uma pesquisa, possa ser mostrado nas primeiras páginas.

Tenha em mente: o Google sempre vai mostrar o conteúdo os sites mais relevantes e com conteúdo mais completo para responder à dúvida ou necessidade que originou a busca.

Os robôs não conseguem ler imagens

Os robôs do Google não enxergam sites como a gente, obviamente. Por isso, eles não conseguem visualizar javascript nem imagens. Eles leem apenas textos e códigos.

 

Sendo assim, ao fazer a estrutura deum texto ou site com imagens, precisamos trabalhar em cima dos textos alternativos, os alt text, colocando uma descrição completa sobre a imagem para auxiliar a “leitura” pelos robôs.

Do contrário, no lugar das imagens, os robôs visualizarão apenas um fundo branco sem conteúdo relevante para o usuário, o que acaba prejudicando a indexação da página.

Portanto, fique atento: ao usar imagem, coloque sempre o texto alternativo.

 

Como aplicar o SEO e conquistar as primeiras posições

Há diversas maneiras de posicionar sua marca nas primeiras posições dos motores de busca como o Google. Basicamente, existem algumas técnicas que são comuns a qualquer pessoa que esteja na rede, tais quais:

Conteúdo

O conteúdo é o ‘carro-chefe’ de qualquer estratégia de SEO. Ele quem ditará se o Google, por exemplo, considera seu site de relevância. Materiais autorais, que denotem autoridade e sejam criativos estão entre as principais formas de começar a otimização.

Mas com algumas técnicas certas, é possível potencializar o alcance de uma página. E uma delas é escolher bem a palavra-chave que será usada e distribuí-la ao longo do seu texto, mas sem forçar.

Nada de repetir a palavra um milhão de vezes achando que vai enganar o Google, pois não vai. Pelo contrário, se o Google entender que você está forçando o uso da palavra-chave, seu conteúdo pode até ser penalizado diminuindo o número de vezes que aparece para os usuários.

Faça uso do bom senso na hora de usar a palavra-chave como técnica de SEO, use-a naturalmente, colocando sinônimos e variações e deixando, assim, uma leitura agradável.

E é claro, um bom SEO prioriza a qualidade do texto. Quanto mais completo e autoral, melhor. E para ser completo não precisa, necessariamente ser grande.

Coloque uma coisa na sua cabeça: o seu conteúdo precisa resolver o problema da sua persona. De nada adianta você escrever um texto com mais de 2 mil palavras e ser prolixo na informação.

Imagine que você vai escrever sobre vinhos, o que você acha que sua persona iria preferir: um texto com 2 mil palavras que fala sobre a história da uva no Brasil, ou um texto objetivo descrevendo as vantagens e desvantagens de uma lista de vinhos?

Conteúdo escaneável

Um contéudo escaneável é aquele que facilita a leitura do usuário. Nada de blocos intermináveis de textos, use imagens, negrito, bullets, parágrafos curtos e tudo que possa deixar seu texto menos cansativo. Afinal, na internet, as pessoas gostam de informações rápidas que eles batem o olho e já identificam se querem ou não ler.

Alguns elementos que você pode inserir para tornar seu conteúdo escaneável são:

  • Parágrafos curtos
  • Headings (ou cabeçalhos)
  • Bullet points
  • Negrito
  • Itálico
  • Imagens
  • Vídeos

 

Conteúdo duplicado

Uma das premissas para desenvolver um bom SEO é produzir um bom conteúdo, mas isso quer dizer também que esse conteúdo seja original.

Os robôs dos Google sabem quando você copiou um conteúdo de outro site no seu e,  muitas vezes, ao identificar essa prática, omitem o seu conteúdo na hora que ele deveria aparecer no momento da busca.

Por isso, algumas vezes, ao realizar um busca, o Google informa, por meio de uma mensagem, que alguns resultados foram omitidos por se tratar de mesmo conteúdo. Se esse for o seu caso, você não vai gerar tráfego para o seu site e ainda é penalizado não tendo seu conteúdo exibido.

URL amigável

O endereço do seu site ajuda os motores de busca a entender sobre o que você está falando. Por isso, faça URL’s amigáveis, curtas e que contenha a palavra-chave.

Por exemplo, se você vai escrever sobre melhores destinos de viagem no Brasil, uma URL amigável seria: site.com/melhores-destinos-brasil/. Outra dica é não modificar a sua URL depois de publicada, isso pode prejudicar o SEO da sua página.

Título interno e SEO title

O título interno é aquele que aparece dentro do seu artigo, quando a pessoa já acessou a sua página. E o SEO Title é aquele que aparece como opção de resultado da pesquisa.

A função do SEO Title é levar o leitor até o seu conteúdo.

Os principais fatores para um ótimo SEO Title são:

  • ele precisa ter aproximadamente 55 caracteres;
  • a palavra-chave deve estar à esquerda;
  • o título deve ser mais objetivo.

Já o título interno te dá mais liberdade na criação, porém não é menos importante, afinal você precisa segurar esse leitor, já que ele já está na sua página.

A liberdade quanto ao uso de caracteres e à posição das palavras-chave permitirá títulos mais criativos e que aumentem o desejo  o no leitor de consumir o conteúdo.

Ele deve:

  • despertar a curiosidade do leitor;
  • apresentar benefícios da leitura;
  • fazer uma promessa (que será cumprida);
  • ter a palavra-chave (não é obrigatório estar totalmente à esquerda como no SEO Title).

Imagens

Como dissemos anteriormente, os robôs do Google não enxergam imagens. Sendo assim, você precisa otimizar as imagens para os buscadores. Sendo assim, é preciso que você, ao adicionar alguma imagem no seu site ou blog, atente-se para:

– O nome do arquivo deverá ser a palavra-chave separada por hifens: melhores-destinos. Evite nomes genéricos: 137456.jpeg

– Sempre coloque o alt text nas suas imagens. Preencha o campo “texto alternativo” fazendo uma descrição da imagem e usando também a plavra-chave

Layout e experiência do usuário

Ter um layout e design que facilitem a experiência do usuário, ajudando na navegação, também é indispensável. Isso porque uma tática de SEO é diminuir a taxa de rejeição e aumentar o tempo de permanência na página e conseguir mais views;

Links internos

Uma linkagem interna bem estruturada também é essencial para a otimização do seu site. Links internos são aqueles que direcionam as pessoas para outros conteúdos correlacionados dentro da página, mantendo-as por mais tempo navegando no site. Aliás, o tempo de permanência é também um ótimo fator para ranqueamento.

Na inclusão dos links, é importante dar atenção para o texto âncora e não trabalhar com indicações genéricas, como “neste post” ou “clique aqui”.

Links externos ou link building

Buscar links externos que direcionem para a sua página (como em um blog parceiro, por exemplo) dá mais autoridade a sua marca. Essa técnica é conhecida como ‘link building’ e faz parte de uma hierarquia de métodos de SEO.

Há outros fatores que devem ser aplicados e, dessa forma, é preciso entender quais são as melhores estratégias para ampliar seu alcance na internet. Entre eles está o tema do nosso próximo tópico.

SEO para dispositivos móveis

Mais da metade das buscas realizadas na internet são feitas por meio dos dispositivos móveis e o SEO para celulares e tablets tem como objetivo garantir que os usuários destes dispositivos também tenham uma boa experiência.

Por isso, é extremamente relevante que você tenha o seu site otimizado para celulares.

A concorrência

O SEO também é uma ferramenta para analisar como está o comportamento da sua concorrência – e qual deve ser o foco para que você possa se sobressair na sua área. Os métodos que eles utilizam, o investimento no marketing digital e ferramentas que possam acompanhar o desempenho do concorrente são indispensáveis nesse sentido.

Isso porque há diversos fatores que podem fazer outra página superar a sua nas primeiras posições do Google. O SEO é constante e, por isso, conhecer as melhores técnicas e práticas, principalmente com a mudança rotineira dos algoritmos do Google, permite que você deixe seus concorrentes para trás. Como fazer isso? Veja abaixo.

Agência e SEO: o resultado concreto

O SEO é um recurso que pode levar anos até ser dominado – isso sem contar com as constantes atualizações que precisam ser entendidas pelo gestor do site. Por isso, no cenário atual, é indispensável ter uma agência especializada para executar, acompanhar e metrificar o crescimento. Sem ela é possível que você fique muito atrás da concorrência.

Agências de SEO irão não apenas aplicar as melhores técnicas que conhecem, como também o orientar para fazer isso de forma autônoma futuramente. Ainda ajudam a entender para onde você deve crescer na internet e como ampliar seu alcance de forma orgânica, aplicando o que eles conhecem.

Por isso, se você deseja que mais pessoas cheguem até o seu site e comprem mais produtos ou serviços, não tenha dúvidas: uma agência especializada em SEO é o melhor investimento nesse sentido. Em pouco tempo, e com o seu acompanhamento, é possível enxergar resultados contundentes.

Deixe nos comentários o que você achou do nosso conteúdo. E, se ele foi útil para você, não deixe de compartilhar.

Posts Relacionados

pexels-photo-450035
  • Data: 02.08.2021
  • Por: Por: administrador

Por que minha empresa precisa de um site institucional?

Já parou para pensar na presença online da sua empresa? Não importa se o seu negócio é digital ou não, um site institucional fará toda diferença na divulgação da sua marca. Seja no setor de produtos ou serviços, o que percebemos nos últimos anos...

Saiba Mais
autoridade-de-dominio-como-ela-influencia-as-buscas-do-google
  • Data: 01.08.2021
  • Por: Por: administrador

Autoridade de domínio: como ela influencia as buscas do Google

Quem deseja levar seu negócio para o ambiente on-line já deve ter ouvido falar de alguns termos bastante conhecidos da área, como User Experience, SEO e, claro, marketing de conteúdo. No entanto, não é raro deixar passar batido o assunto autoridade de domínio...

Saiba Mais

SEU NEGÓCIO NO TOPO?

VAMOS CONVERSAR

icone do titulo Certificações

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale conosco pelo Whatsapp