Nossas últimas novidades

Home SEO Aprenda como combinar UX e SEO de uma maneira simples e prática!

Atom Imagem de destaque (8)

13.03.2022 | Por: administrador

Voltar

Aprenda como combinar UX e SEO de uma maneira simples e prática!

Uma das novidades sobre posicionamento dos sites nos mecanismos de buscas, é a importância da Experiência do Usuário (UX). Isso impacta os principais fatores da Otimização de Mecanismos de Busca (SEO). Continue lendo esse artigo e aprenda como combinar UX e SEO.  Primeiramente, você precisa saber que há mais de uma razão pela qual a […]

Uma das novidades sobre posicionamento dos sites nos mecanismos de buscas, é a importância da Experiência do Usuário (UX). Isso impacta os principais fatores da Otimização de Mecanismos de Busca (SEO). Continue lendo esse artigo e aprenda como combinar UX e SEO. 

Primeiramente, você precisa saber que há mais de uma razão pela qual a UX tem impacto nos esforços de SEO.

Isso porque, os elementos de experiência do usuário foram incorporados às práticas de SEO e são levados em consideração pelo Google e outros mecanismos de pesquisa ao determinar como classificar um site.

Aliás, muitos ainda acham que SEO envolve apenas o link building e a inclusão de palavras-chave relevantes no conteúdo. Embora essas sejam duas estratégias importantes, os mecanismos de pesquisa consideram muito mais do que isso ao classificar sites

Por exemplo, seu site é seguro e compatível com dispositivos móveis? Você tem conteúdo de qualidade que atrai os usuários e os incentiva a permanecer em seu site? Seu site carrega rápido e fácil de navegar?

Veja a seguir como solucionar esse problema, e combinar UX e SEO de uma maneira simples e prática!

Por que a experiência do usuário é essencial para SEO?

Ao longo dos anos, o Google passou por várias mudanças. A gigante dos mecanismos de busca está constantemente atualizando seus algoritmos para garantir que os usuários obtenham os melhores resultados.

Portanto, cada atualização que o Google faz é projetada para fornecer resultados mais centrados no usuário e amigáveis.

Além disso, vimos algumas alterações na SERP, como painéis de conhecimento e rich snippets, além de atualizações algorítmicas que mostram a importância da experiência do usuário para o Google. Então você só precisa verificar o RankBrain.

O que é o RankBrain?

Lançado em 2015, o RankBrain ocupa o terceiro lugar na determinação do valor de SEO de um site, depois de links e conteúdo. O RankBrain é orientado por métricas comportamentais, incluindo páginas por sessão, taxa de rejeição, tempo de permanência e CTR orgânico.

Basicamente, essas métricas informam aos usuários do mecanismo de pesquisa se eles gostam de sua experiência em um site.

Afinal, se os usuários visitarem seu site repetidamente, gastarem muito tempo e navegarem no site com facilidade, isso mostrará ao Google que você está proporcionando uma boa experiência ao usuário, para que suas posições melhores.

Por outro lado, se alguém sair do seu site rapidamente e retornar aos resultados de pesquisa assim que entrar, significa que não encontrou informações relevantes, o que pode fazer com que seu posicionamento caia.

Quais os objetivos comuns da UX e do SEO?

A otimização de SEO e o design de UX têm uma relação especial porque, ao melhorar a experiência do usuário, você pode obter mais tráfego.

Dessa forma, com a estratégia certa, você pode criar uma melhor experiência do usuário que gera mais tráfego.

Por exemplo, ao simplificar a navegação no site, os usuários podem encontrar facilmente o que estão procurando, o que também melhora a rastreabilidade do site.

Escolher um tema responsivo e tomar medidas proativas para reduzir o espaço de armazenamento que seu site requer também ajudará a fornecer uma melhor experiência ao usuário.

Ao mesmo tempo, isso também melhora os esforços de SEO. 

Portanto, o objetivo comum de ambos é ajudar os usuários a atender às suas necessidades, fornecendo-lhes informações relevantes.

O SEO permite que as pessoas encontrem o que precisam e, quando os usuários clicam em uma página da Web, a experiência do usuário responde às suas perguntas.

Quais fatores de SEO que afetam a experiência do usuário?

É importante entender as práticas comuns de SEO e o conteúdo que afeta a experiência do usuário, incluindo:

Otimização de títulos

Tanto as tags de imagem quanto os títulos são essenciais. As tags de imagem fornecem detalhes quando as imagens não são carregadas.

Isso garante que os usuários recebam uma experiência de usuário semelhante com ou sem imagens. Os títulos, por outro lado, ajudam a estruturar o conteúdo da página e melhorar a legibilidade da página.

Conteúdo relevante e uso de palavras-chave

Criar conteúdo de página com mais de 600 palavras é importante para garantir que a página seja detalhada e responda às dúvidas do usuário.

Além disso, o ponto de partida básico para quase todos, se não a maioria, SEO é a pesquisa de palavras-chave. Isso afeta tudo, desde o design da web até a navegação e o conteúdo do site.

Resposta em dispositivos móveis

A maior parte do tráfego on-line vem de dispositivos móveis. Para atender a essa demanda crescente, você precisa se concentrar no design de sites otimizados para dispositivos móveis.

Obter um tema responsivo pode ajudar nisso, pois seu site se ajustará ao tamanho da tela do seu dispositivo.

Velocidade do site

Um segundo é uma vida para o navegador. A velocidade da página também desempenha um papel vital.

Isso porque ninguém quer esperar dois segundos para carregar uma página. A Internet deve ser prática, rápida e conveniente.

Se o seu site demorar muito para carregar, os visitantes podem rejeitá-lo, o que pode afetar negativamente sua classificação geral.

Para corrigir isso, você pode tentar reduzir o espaço de armazenamento usado por arquivos como fotos, vídeos e temas.

Monitoramento de KPIs

Faz parte do aprimoramento de suas atividades de SEO, melhorar a experiência do usuário fornecida em seu site, você deve definir e monitorar KPIs relevantes. É importante entender como os elementos UX afetam o SEO.

Existem várias maneiras de monitorar os elementos de design e seu impacto na experiência do usuário e no direcionamento do tráfego.

Por exemplo, você pode usar uma ferramenta que é capaz de identificar partes do seu site que os visitantes têm dificuldade em encontrar.

URL simples

Faça com que suas listagens pareçam mais credíveis com uma estrutura de links permanentes fácil de pesquisar.

Dessa forma, isso aumentará as chances de seus clientes acessarem a página e torná-los mais propensos a compartilhar o link com seus amigos.

Você também vai gostar de ler esse artigo: Por que é importante criar um site para a minha empresa? (atomdigital.com.br)

Como fornecer a melhor experiência do usuário?

Se você chegou até aqui neste artigo, você provavelmente está se perguntando: por onde devo começar a melhorar a experiência do usuário no meu site para impactar positivamente meus rankings? Veja algumas dicas abaixo:

Ajuste suas estratégias de UX e SEO

A primeira coisa que você precisa fazer é garantir que as duas estratégias estejam integradas. Afinal, um dos principais objetivos do seu site deve ser gerar mais leads e conversões. Lembre-se, UX e SEO precisam trabalhar juntos para serem bem-sucedidos.

Concentre-se no design usando boas práticas de SEO

Isso inclui fornecer nomes e descrições de produtos direcionados, criar caminhos de navegação claros, otimizar nomes e recursos de menus, maximizar títulos H1 e H2 e interagir com visitantes e conteúdo de mecanismos de pesquisa.

Invista em um web design responsivo

Em 2020 já existiam mais de 2,87 bilhões de usuários de smartphones. Pense em quantos clientes em potencial você perderá se não otimizar seu site para que esses usuários acessem e gostem do seu site, incluindo o layout.

Não só isso, mas os rankings do seu mecanismo de pesquisa também sofrerão.

Por fim, design responsivo é ter um site que seja legível tanto para quem acessa do computador quanto para quem usa o celular ou tablet, agora, televisão. 

Simplifique a navegação

A navegação do site é um elemento-chave da experiência do usuário e, portanto, de sua classificação no mecanismo de pesquisa. Sua página inicial deve ser clara e fácil de navegar. 

Em outras palavras, os usuários devem ser capazes de usar o seu site de forma intuitiva, ou seja, eles não precisam se preocupar com a próxima etapa.

Por fim, uma maneira eficaz de ajudar o Google a entender e indexar suas páginas é adicionar um mapa do site.

Mantenha o foco na qualidade

A navegação não é o único fator que o Google leva em consideração ao determinar se seu site é de alta qualidade.

Outros fatores com os quais você precisa lidar incluem layout da página, relevância do conteúdo, originalidade do conteúdo, estrutura de links internos e velocidade da página.

Não há como negar que a experiência do usuário é um dos fatores mais críticos ao classificar seu site nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa.

Portanto, se você deseja aumentar sua visibilidade online e, finalmente, suas conversões, ajuste agora suas estratégias de UX e SEO.

 

VEJA TAMBÉM

Artigos Relacionados

semrush-logo
google-meu-negocio-logo
facebook-certificado-01
facebook-certificado-02
rd-station-certificado
parceiro-de-sucesso-certificado
imbound-certificado

Fale agora!

Alguma dúvida? Deseja orçamento? Fale agora conosco!