3 Maneiras de usar dados para analisar o comportamento de clientes

3-Maneiras-de-usar-dados-para-analisar-o-comportamento-de-clientes

13/07/2018 | Por: administrador

3 Maneiras de usar dados para analisar o comportamento de clientes

Nos dias atuais é extremamente importante não apenas conhecer, mas estudar e constantemente monitorar o comportamento dos consumidores. Isso permite que você, a empresa ou vendedor, conheça melhor quem é o seu potencial cliente e encontre as melhores formas de convertê-lo em um verdadeiro cliente, um consumidor do seu produto ou serviço e, num cenário ainda melhor, fidelizá-lo para que ele volte a comprar mais e mais vezes com você.

Além de identificar melhor o seu cliente, utilizar dados para analisar o comportamento do consumidor permite não só encontrar melhores oportunidades para fechar negócio, mas também a identificar as possíveis ameaças ao seu negócio – como a insatisfação e até mesmo a recusa dos clientes.

Conhecendo agora de um modo geral o porquê de fazer o uso de dados para analisar o comportamento de clientes, vamos ao que é mais importante: as maneiras que você pode fazer isso e como fazê-lo. Confira!

1. Criar o seu público-alvo

Uma coisa muito importante hoje em dia quando se trata de vender, de fechar negócio e de atrair clientes é ter um público-alvo definido.

Ter um público-alvo e mirar nele na hora de fazer a sua propaganda é muito melhor do que sair dando tiro para todo o lado e gastar seus esforços em vão, com clientes que não vão realmente fechar negócio.
Quando você usa dados reais para analisar o comportamento do consumidor e tem um público-alvo bem estabelecido, você consegue decifrar quem são, onde estão, o que fazem e o que desejam essas pessoas.

2. Oferecer um atendimento de melhor qualidade

Hoje em dia, um diferencial que conta muitos pontos com o cliente é a qualidade com a qual ele é atendido. Entretanto, como você já deve ter percebido ao conferir os dados, os consumidores costumam divergir de muitas formas em seu comportamento. Alguns clientes gostam de uma explicação bem detalhada de como o produto funciona, alguns estão com pressa e desejam que os atendentes sejam mais práticos, outros gostam de conversar e até aceitariam um cafezinho dependendo do tempo para negociação.

Conhecer o consumidor, sobretudo os seus potenciais clientes usando dados e fazendo uma análise clara de como eles se comportam é fundamental para, assim, conseguir traçar um plano de atendimento diferenciado e eficaz que irá satisfazer os seus clientes.

3. Ofertar o que realmente faz sentido para o seu cliente

Se a sua empresa não estiver vendendo bem, pode ser que a oferta feita não faça sentido para o perfil de cliente da sua empresa. Como você corrige isso? Utilizando mais uma vez os dados que compõe o perfil dos seus potenciais clientes para entender como eles se comportam. A oferta sempre precisa ser coerente com a motivação e o desejo do cliente.

A CVC, por exemplo, agência de viagens bem conhecida aqui no Brasil, usa os dados para compreender o nível de intenção de compra daqueles que acessam seu site, o seu poder aquisitivo, a motivação da compra e, a partir da analise desses dados, faz uma personalização da oferta que combina com o perfil do internauta, fazendo não só com que ele se interesse pelo pacote ofertado, mas que a empresa tenha ainda argumentos que realmente façam sentido para convencer aquele perfil.

Como podemos ver, os dados que são levantados a respeito do público, quando analisados a fim de entender o comportamento dos clientes, podem ser usados de diferentes maneiras, mas sempre com as mesmas intenções: de atingir melhor o seu público, de ter mais proveito dos seus esforços em propaganda, divulgação e atendimento e, é claro, de fechar mais negócios e garantir a satisfação daquele cliente.

E aí na sua empresa, como são utilizados os dados obtidos a respeito dos consumidores? É feita uma análise prévia do perfil do seu público e uma análise de como eles se comportam e de como sua empresa pode tirar proveito disso? Deixe o seu comentário!

Você também vai gostar de ler

Como-montar-um-funil-de-vendas

10.10.2019 | Marketing Digital

Funil de vendas: exemplo prático de como funciona

Conquistar e converter clientes são metas que fazem parte da eterna busca das práticas de atração. Frequentemente estas ações estão acompanhadas da dúvida de como se chegar lá. Afinal, são muitos os recursos que podem ajudar a sua empresa...

Saiba Mais
Entenda-como-aplicar-Growth-Hacking-no-marketing

06.08.2018 | Marketing Digital

Entenda como aplicar Growth Hacking no marketing

Como uma marca crescente ou comerciante, você provavelmente já viu o GROWTH HACKING em ação, você conhecendo o termo especificamente ou não. Na verdade, está rapidamente se tornando uma das maneiras mais eficazes...

Saiba Mais
O-que-e-um-funil-de-vendas

02.08.2018 | Marketing Digital

O que é um funil de vendas

Também conhecido como Pipeline, o funil de vendas é um excelente modelo de estratégia, apresentando toda a jornada que o cliente faz desde seu primeiro contato com a empresa até a conclusão da venda.

Saiba Mais

Leve seu negócio para o próximo nível

Teremos nossa pele em seu negócio até que toque nos resultados.